11 Novembro 2022, 16:51

59.ª edição da ModaLisboa sob o tema “Oásis” entre 06 e 09 de outubro em Marvila

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A 59.ª edição da ModaLisboa, que decorre entre 06 e 09 de outubro, no espaço Lisboa Social Mitra, sob o tema “Oásis”, vai apresentar uma programação “dedicada ao domínio artístico e plural da moda”, foi hoje anunciado.

Numa coorganização da Associação ModaLisboa com a Câmara Municipal de Lisboa, o evento vai habitar nesta edição aquele espaço de inovação social da Santa Casa da Misericórdia, em Marvila, indicou à agência Lusa fonte da organização.

No contexto atual global, a organização da 59.ª Lisboa Fashion Week pretende lançar várias questões: “A urgência climática, os sistemas políticos falíveis à luz dos direitos humanos, e sobre uma Indústria de Moda tão global que resiste à transição”.

A pensar nestas questões, a 59.ª edição pretende partilhar e debater “uma visão integral da indústria criativa”, justificando que “esta perspetiva holística permite um entendimento transcendente, perspetivando a área de ação — uma comunicação fluida entre Arte, Cultura, Tecnologia, Sustentabilidade e Negócio — como ecossistema fértil, vivo e pleno”.

Inserida nesta perspetiva, a programação será dedicada ao domínio artístico e plural da moda, “com derivações expositivas, performativas, educativas e de pensamento”, e “no núcleo, os desfiles e apresentações, porque os ‘designers’ de moda são inequivocamente vetores de desenvolvimento e inovação nesta marcha do tempo”.

Quanto ao tema “Oásis”, ressalvam que esta ideia “está muito longe de ser romântica”.

“É uma tomada de posição necessária por navegarmos em ondas áridas. Mas, ao mesmo tempo, permite-nos sonhar com a grandeza do que parece pequeno, encarando humanos como sistemas abertos, maiores que a soma das partes, capazes de configurar a igualdade e a inclusão para além de compreensões utópicas”, realçou a organização, no mesmo comunicado.

Na 59.ª ModaLisboa, a organização pretende criar “um espaço, físico e metafísico”, onde irá, “enquanto coletivo, atravessar o deserto”.

A ModaLisboa, projeto multidisciplinar focado na promoção e desenvolvimento na moda de autor nacional, organizada pela Associação ModaLisboa em pareceria com a Câmara Municipal de Lisboa, comemorou trinta anos em abril do ano passado.

A primeira edição aconteceu em abril de 1991 no Teatro São Luiz. Nessa altura, 13 criadores apresentaram coleções para o inverno de 1991/92.

Ao longo destes 30 anos, o evento realizou-se mos mais variados espaços da capital, como o Mercado da Ribeira, o Pátio da Galé ou o Museu da Cidade, e chegou a realizar-se em Cascais e, no mesmo concelho, no Estoril.

Sem comentários

deixar um comentário