19 Junho 2021, 04:18

A retoma do Desporto de formação

Licenciado em Gestão de Empresas | Senior Manager na Coca-Cola European Partners

Depois de todas os constrangimentos e privações, de períodos de isolamento total e ausência de qualquer contacto, finalmente temos condições para começar a acreditar que o pior já poderá ter passado, e a nossa liberdade, lentamente, passo a passo, pode ser restituída.

Após um plano de vacinação, estruturado e devidamente operacionalizado, incidindo sobretudo nas pessoas dos escalões etários mais em risco, as atividades que envolvem a restante população, começam a retomar a sua normalidade. Também aqui, e na sequência do êxito da implementação da primeira, e posteriormente, da segunda fase do plano de vacinação, os mais novos, felizmente, serão consequentemente beneficiados e poderão abraçar finalmente a vida social que tanto necessitam, e que é absolutamente vital, para o equilíbrio emocional que estas idades assim exigem.

Sendo um apaixonado pelo desporto no geral, e em particular pelas modalidades coletivas, senti de perto, enquanto adepto e membro ligado a algumas coletividades, mas sobretudo como pai, a frustração que foi para os jovens praticantes das modalidades ditas amadoras, não terem possibilidade de partilharem uma bola com um amigo ou amiga e desenvolverem os seus skills técnicos da forma e no ambiente mais apropriado.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Efetivamente, e com toda a vontade e apoio absolutamente excecional da maioria destas coletividades, onde podemos encontrar pessoas cujas qualidades humanas são verdadeiramente extraordinárias, com um espirito completamente altruísta e empreendedor em prol das crianças e das suas necessidades, não conseguimos retirar da criança a mesma predisposição para fazer um treino online, onde as condições que, infelizmente, não são iguais para todos, se podem resumir a um espaço dentro de um apartamento, são proporcionalmente antagónicas, aquelas que normalmente podem ser concedidas num pavilhão ou num campo de futebol. O treino, e o desenvolvimento que dele se espera gerar, exige condições mínimas especificas, o que na esmagadora maioria dos casos não seria possível reunir, e por sua vez adensou a frustração numa primeira fase, e a falta de motivação numa segunda, das crianças para a prática do treino no formato online.

Creio que importa ressalvar que, de uma forma geral, e atendendo à altíssima gestão de expectativas em relação a este tema que é de interesse geral, pois envolve toda a componente familiar, além do próprio jovem, prevaleceu o bom senso, na gestão delicada deste tema. O planeamento do regresso feito por etapas, e de uma forma gradual e paulatina, onde a abordagem ao treino passou por um período inicial de interação individual aos princípios de treino, em salvaguarda do risco de contágio, teve o dom de, pelo menos, manter as crianças em contacto com a sua atividade desportiva predileta, assegurando a sua relação de compromisso e apetência pelo jogo, proporcionando o mínimo de dinâmica social que é absolutamente vital, no processo formativo de cada jovem.

Ultrapassada a primeira fase, é agora importante assegurar, na passagem para o tão merecido cenário de competição que muito recentemente foi desbloqueado para a maioria destes jovens, que a retoma competitiva mantenha o carácter gradual e progressivo da maior aproximação possível ao passado recente, reunindo por todos os agentes envolvidos (desde logo as autoridades, os clubes, e essencialmente os pais) a necessária serenidade, para que os miúdos possam voltar a ser felizes a fazerem o que mais gostam, sem descurar a delicadeza e necessária segurança e respetivo cuidado que as questões sanitárias ainda nos merecem, ao dia de hoje e previsivelmente nos próximos meses.

Por último e consequência do disposto, creio ser da mais elementar justiça, enquanto cidadão e pai, agradecer a todos essas pessoas que, durante o período pandémico, deram (e continuam a dar) o seu corpo ao manifesto na defesa das coletividades e sobretudo da integridade e sanidade das crianças, que são autênticos heróis escondidos atrás de uma capa forrada da mais nobre carolice.

Bem hajam todos!

Sem comentários

deixar um comentário