07 Julho 2022, 02:34

Agência de notação financeira Fitch mantém classificação para Macau

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Macau, China, 08 abr 2022 (Lusa) – A Fitch Ratings manteve a classificação de crédito AA, a segunda mais elevada, atribuída a Macau, com uma perspetiva estável, indicou a agência de notação financeira, na quinta-feira.


“As classificações de Macau são sustentadas pelas finanças, públicas e externas, excecionalmente fortes do território, e por uma gestão fiscal prudente em períodos de abrandamento económico”, disse.


A Fitch referiu ainda acreditar que “os principais amortecedores de crédito de Macau continuarão a ser grandes, mesmo que a recuperação do turismo de jogo seja mais demorada” do que previsto.


A agência de notação financeira explicou que a classificação é “condicionada pela estreita base económica de Macau, pela elevada concentração turística da China continental e pela suscetibilidade do território a mudanças de política que podem afectar o tratamento do turismo do jogo na China”.


A Fitch previu que a economia de Macau cresça 22% em 2022 e que a cidade mantenha a política de ‘covid-zero’ e fronteiras fechadas a não-residentes, dando prioridade à entrada sem quarentena de turistas da China.


O Governo de Macau tem tentado diversificar a economia da região, nomeadamente através da aposta no setor dos serviços financeiros entre a China e os países de língua portuguesa.


Mas a agência de notação financeira disse que “o progresso dificilmente será suficiente para reduzir, a médio prazo, a dependência que o território tem da indústria do jogo”.


Em fevereiro, a Fitch atribuiu uma Perspetiva de Evolução negativa a todas as operadoras de casinos em Macau devido às incertezas da futura lei do jogo e fim das concessões em meados do ano.


Em abril do ano passado, a agência de notação financeira tinha revisto a perspetiva económica de Macau de “negativa” para “estável”, mantendo o rating AA atribuído ao território.



EJ (VQ) // VQ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário