20 Outubro 2021, 07:20

Agências da ONU lançam portal de dados estatísticos sobre África

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Adis Abeba, 15 set 2021 (Lusa) – Um grupo de 17 entidades da Organização das Nações Unidas (ONU) lançou um portal de dados macroeconómicos sobre os países africanos, permitindo aferir a evolução de cada nação africana face aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).


“Medir e avaliar o progresso sobre os ODS em África tornou-se muito mais fácil depois do lançamento do primeiro portal de dados que junta os dados estatísticos de todos os países no continente”, lê-se num comunicado enviado à Lusa pela Comissão Económica da ONU para África (UNECA).


O portal, disponível em http://ecastats.uneca.org/africaundata, apresenta dados como o crescimento económico, Produto Interno Bruto per capita, nível de dívida externa face ao PIB, pobreza, penetração de internet e desemprego, entre muitos outros, para além um extenso conjunto de gráficos e dados sobre os ODS, permitindo acompanhar a evolução e o progresso de cada país face às metas.


“Esta é a primeira plataforma que serve como repositório único, capturando dados de alta qualidade e evidência sobre a Agenda 2030 e os ODS de todos os países africanos, e é também o primeiro a dar visibilidade ao progresso estatístico no âmbito da Agenda 2063 da União Africana”, aponta-se ainda no comunicado.


O portal apresenta dados para 17 indicadores dos ODS e divide-os em 169 objetivos com 231 indicadores, o que permite uma avaliação detalhada e uma comparação com os outros países.


“África é um continente com grande potencial e claras aspirações; essa transformação requer dados desagregados, atempados e de qualidade que possam guiar os investimentos e garantir que os retornos desejados em desenvolvimento de capital humano, sustentabilidade ambiental, transformação económica e prosperidade para todos são alcançados”, comentou o diretor do Centro Africano de Estatísticas da UNECA, Oliver Chinganya, citado no comunicado.



MBA // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário