12 Agosto 2022, 15:52

Algarve Cup: Portugal em excelente nível bate Noruega com justiça

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lagos, Faro, 16 fev 2022 (Lusa) — A seleção portuguesa de futebol feminino venceu hoje a congénere da Noruega, por 2-0, com golos de Tatiana Pinto e Carolina Mendes, em partida da 28.ª edição da Algarve Cup, realizada em Lagos.


No segundo encontro do torneio, a médio Tatiana Pinto abriu o ativo, aos 22 minutos, e a suplente Carolina Mendes, ao quarto minuto de descontos da segunda parte, selou o triunfo de Portugal, 29.º do ‘ranking’ mundial, o segundo consecutivo no historial frente à teoricamente mais forte seleção norueguesa (13.ª).


Portugal juntou-se à Itália, ambas com três pontos, no topo da tabela da Algarve Cup, que este ano regressou com apenas cinco equipas. Dinamarca, Noruega e Suécia (que ainda não jogou) têm zero.


As portuguesas, em 4-4-2 losango e mais dinâmicas a aproveitar os espaços concedidos pela defesa de três centrais da equipa nórdica, estiveram ‘por cima’ no encontro durante a meia hora inicial, somando várias oportunidades flagrantes de golo.


Logo no primeiro minuto, Diana Silva desperdiçou uma grande ocasião de perigo: surgiu isolada, mas, ‘na cara’ de Aurora Mikalsen, tentou um ‘chapéu’ que saiu mal medido e muito por alto.


Aos 19 minutos, foi a vez de Francisca Nazareth, com espaço para fazer melhor na grande área, concluir com um remate muito torto após bom trabalho de Tatiana Pinto de costas para a baliza.


A pressão das lusas acabou por ter frutos à passagem do minuto 22: a lateral Catarina Amado ganhou um duelo na direita e cruzou atrasado, a defensiva norueguesa não conseguiu afastar e a bola sobrou para o remate certeiro de Tatiana Pinto.


Ainda antes da meia hora, aos 27, o 2-0 esteve muito perto, mas a médio Andreia Norton acertou em cheio na trave na marcação de um livre direto.


Só perto do final da primeira parte é que as norueguesas se aproximaram da baliza de Inês Pereira, mas sem grande perigo, tirando um remate de Vilde Risa (38) e outra jogada intercetada na ‘hora h’ por Carole Costa (38).


O segundo tempo teve muito menos ‘chama’ durante um largo período de tempo, com a Noruega a mostrar-se sem criatividade na busca do empate e Portugal a tentar guardar a vantagem.


O jogo só voltou a animar no último quarto de hora, com várias oportunidades a surgirem de rajada para as duas equipas: Diana Silva (78 e 90+1), Jéssica Silva (80) e Tatiana Pinto (83) desperdiçaram o 2-0 e Julie Blakstad falhou o empate num ‘tiro’ à barra (80).


O golo da tranquilidade portuguesa chegou aos 90+4 minutos, numa jogada magistral: Jéssica Silva, com um passe ‘de letra’, assistiu Carolina Mendes, que à saída da guardiã norueguesa aplicou um ‘chapéu’ com muita classe.


Portugal volta a jogar no domingo, frente à Suécia, em jogo marcado para o Estádio Algarve, às 17:15.


 


Jogo no Estádio Municipal de Lagos.


Noruega — Portugal: 0-2.


Ao intervalo: 0-1.


Marcadoras:


0-1, Tatiana Pinto, 22 minutos.


0-2, Carolina Mendes, 90+4.


 


Equipas:


– Noruega: Aurora Mikalsen, Anja Sonstevold (Amalie Eikeland, 73), Guro Bergsvand, Maria Thorisdottir, Emilie Haavi (Synne Hansen, 61), Vilde Risa (Elisabeth Terland, 61), Ingrid Engen, Julie Blakstad, Frida Maanum, Guro Reiten e Celin Ildhusoy.


(Suplentes: Cecilie Fiskerstrand, Johanne Fridlund, Synne Hansen, Tuva Hansen, Vilde Hasund, Lisa Naalsund, Amalie Eikeland, Elise Thorsnes, Elisabeth Terland, Karina Saevik, Emilie Bragstad e Sunniva Skoglund).


Selecionador: Martin Sjogren.


– Portugal: Inês Pereira, Catarina Amado, Diana Gomes (Sílvia Rebelo, 52), Carole Costa, Joana Marchão, Dolores Silva, Andreia Norton (Carolina Mendes, 75), Tatiana Pinto, Francisca Nazareth (Fátima Pinto, 61), Ana Borges (Jéssica Silva, 61) e Diana Silva.


(Suplentes: Patrícia Morais, Rute Costa, Alícia Correia, Sílvia Rebelo, Joana Martins, Suzane Pires, Jéssica Silva, Fátima Pinto, Lúcia Alves, Carolina Mendes, Andreia Faria e Mariana Azevedo).


Selecionador: Francisco Neto.


 


Árbitro: Maria Rivet (Mauritânia).


Ação disciplinar: Cartão amarelo para Dolores Silva (56) e Sílvia Rebelo (68).


Assistência: Cerca de 500 espetadores.



EYP // NFO


Lusa/Fim.

Sem comentários

deixar um comentário