03 Julho 2022, 17:28

Amorim diz que manter distância para FC Porto é mais importante do que poupanças

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O treinador do Sporting disse hoje que “o mais importante” é manter seis pontos de distância para o FC Porto, antes da vista ao líder da I Liga de futebol, pelo que não vai poupar quaisquer jogadores.

O Sporting recebe o Famalicão no domingo, mas Ruben Amorim lembrou que esse é um adversário ao qual os leões não têm conseguido ganhar “com toda a gente” disponível, motivo pelo qual não vai “estar a fazer poupanças” num desafio que é encarado “como mais uma final”.

“O mais importante é chegar ao [Estádio do] Dragão, no mínimo, com seis pontos de diferença. O resto, se algum jogador não puder ir, não vai”, assumiu o técnico dos ‘leões’, em conferência de imprensa, em Alcochete.

Além disso, Amorim frisou que o Sporting é capaz de “vencer os jogos com qualquer onze que apresente” e voltou a insistir que não vai “poupar um único jogador”, apesar de ter cinco elementos à beira da suspensão, caso vejam um cartão amarelo no encontro de domingo: Palhinha, Pedro Gonçalves, Porro, Sarabia e Esgaio.

O treinador referiu que a forma como a equipa técnica não provoca “nenhum [cartão] amarelo em certos jogos” mostra aos jogadores que está “focado só em ganhar ao Famalicão” e garantiu que isso vai ajudar a equipa a superar os vários obstáculos que tem pela frente.

“Eu tenho tanta confiança nos jogadores que se algum levar um amarelo esta semana não joga contra o [FC] Porto, mas está fresco para o Manchester City, e, portanto, vamos fazer essa gestão. E para mim é muito mais fácil. Se o Palhinha levar amarelo, meto o Ugarte. E eu, às vezes, estou desejoso de meter esses jogadores, os outros é que não deixam”, exemplificou.

Outro tema dominante na antevisão da partida da 21.ª jornada foi a integração de Slimani, reforço assegurado pelo Sporting no último dia do mercado de transferências de janeiro, que “está na convocatória”, mas “não vai jogar de início”.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Sobre se poderá lançar o argelino já frente ao Famalicão, Amorim lembrou que não faz “substituições antes” dos jogos, mas admitiu que “estando dentro da convocatória é mais uma opção para entrar no jogo” e que este é “o jogador mais parecido” com Paulinho que já orientou desde que chegou ao Sporting.

“Pode jogar perto da área, não joga da mesma maneira porque as características são diferentes, mas sim, diria que, desde que estou no Sporting, e neste caso ao Paulinho, é o jogador mais parecido para jogar ali de avançado”, analisou Amorim.

Já em relação à influência que o regresso do ponta-de-lança a Alvalade possa ter no atual ‘dono’ da posição, o treinador frisou que “Paulinho sempre trabalhou no máximo” e que “empenho é coisa que não lhe falta”, mas “agora tem uma concorrência mais direta”.

“Sinto o grupo muito entusiasmando porque o sangue novo também ajuda nestas fases. Entrar sangue novo desperta os jogadores, há movimentações e isso é tudo bom”, assumiu Ruben Amorim.

O Sporting recebe o Famalicão no domingo, em partida da 21.ª jogada da I Liga portuguesa de futebol com início marcado para as 20:30, no Estádio José Alvalade, e arbitragem de André Narciso, da associação de Setúbal.

A equipa de Ruben Amorim, que segue em segundo lugar, a seis pontos do FC Porto, vista o Estádio do Dragão na próxima jornada e quando subir ao relvado, para defrontar o Famalicão, já deverá conhecer o desfecho do encontro dos ‘azuis e brancos’, na visita ao Arouca, que tem início às 18:00.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário