28 Setembro 2021, 14:24

Anfíbio: Ligação de Crestuma ao Cais de Gaia arranca em junho

© DR

O autocarro anfíbio que vai ligar Crestuma ao Cais de Gaia arranca até ao final do mês de junho.

Eduardo Vítor Rodrigues adiantou hoje, à margem da reunião do Executivo, que o contrato de adjudicação com a empresa vencedora do concurso já foi assinado e que vigorará durante um ano “podendo ou não ser renovado”.

Trata-se de um “misto de transporte público e turístico” com partidas diárias entre a Igreja de Crestuma e o Cais de Gaia, num percurso com a duração de cerca de 35 minutos.

“Em hora de ponta, o mesmo percurso pela EN 222 demora cerca de 55 minutos”, sublinhou o autarca, acrescentando ainda que haverá ligações de hora a hora.

O autocarro terá capacidade para 52 pessoas e é articulado com a bilhética Andante, sendo por isso, gratuita para quem tenha o título de transporte, permitindo, assim, a ligação com o Metro ou outros transportes públicos.

Câmara e Ministério articulam resolução para Tribunal do Comércio

O autarca revelou ainda que a Câmara de Gaia e o Ministério da Justiça estão a articular a melhor solução para o Tribunal do Comércio de Gaia.

Em cima da mesma está “a solução temporária de deslocalização para obras de melhoria do espaço assim como a saída definitiva para outro espaço”.

Ainda esta semana será feita uma “visita técnica” para que a Tutela e o município possam decidir o futuro do Tribunal, localizado na Avenida da República, sendo que “há já duas ou três opções de locais” para acolher os serviços.

Gaia afirma-se como 3.º concelho do País

O presidente da Câmara de Gaia adiantou ainda que, de acordo com os dados que já tem dos Censos – hoje é o último dia para o preenchimento dos inquéritos – Gaia afirma-se como o terceiro maior concelho do País, em termos populacionais.

O município tem atualmente 305 312 habitantes, mais 3162 habitantes do que nos últimos registos, sendo que as freguesias que mais cresceram foram Mafamude e Vilar do Paraíso e Canidelo.

Por outro lado, Sandim, Olival, Lever e Crestuma, no Interior do concelho, foi a freguesia que mais habitantes perdeu (1111 pessoas).

Sem comentários

deixar um comentário