13 Maio 2022, 22:06

Angola destaca “relação secular” com a língua portuguesa e considera a data “ganho da diplomacia”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Luanda, 05 mai 2022 (Lusa) — O ministro das Relações Exteriores angolano destacou hoje a “relação secular” de Angola com a língua portuguesa e considerou a comemoração do Dia da Língua como um ganho da diplomacia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).


“Ao falar da língua portuguesa, permite-se falar do legado de, já no século XV, os nossos ancestrais terem tomado a decisão de assumirem a língua portuguesa como a língua da corte, à época as escolas eram florescentes e aí já circulavam professores”, afirmou hoje Téte António.


Segundo o ministro angolano, que presidiu hoje, em Luanda, à cerimónia solene alusiva ao Dia Mundial da Língua Portuguesa, Angola tem uma relação secular com a língua portuguesa, porque em alguns reinos, como do Congo, já se falava na época o português.


“Porque na região teriam sido abertas as primeiras escolas não tradicionais e terá sido a primeira região africana a dedicar-se no ensino de uma língua de origem não africana”, descreveu.


“[Hoje] celebramos uma das datas mais importantes da nossa comunidade e da língua portuguesa e da cultura da CPLP, instituída na 14ª Reunião Ordinária do Conselho de Ministros realizada em 20 de julho de 2009 na cidade de Praia”, recordou.


A comemoração do Dia Mundial da Língua Portuguesa, frisou Téte António, constitui “um ganho da diplomacia” da comunidade lusófona, “pois foi no dia 25 de novembro de 2019 que [esta] viu o seu legado ser elevado à dimensão mundial pela UNESCO”.


“É uma conquista de todos os nossos povos, sendo indicativa da importância atual e futura do nosso idioma comum”, disse o secretário-executivo da CPLP, Zacarias da Costa, sobre a proclamação pela UNESCO do 05 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa, que, acrescentou: “Representa assim um momento de celebração coletiva do nosso idioma comum”.


“E, como habitualmente acontece, várias instituições dos Estados-membros, os observadores associados, observadores consultivos, parceiros, sinalizam essa data um pouco por todo o mundo”, notou.


A cerimónia marcou igualmente a abertura da “Semana da Língua Portuguesa”, em Luanda”, que decorre entre 05 e 11 de maio de 2022.



DYAS // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário