18 Janeiro 2022, 06:41

Angola regista 71 mortos e 298 feridos em acidentes de viação na última semana

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Luanda, 27 dez 2021 (Lusa) — Angola registou na última semana 71 mortos e 298 feridos em resultado de um total de 266 acidentes de viação, anunciou hoje a Polícia Nacional angolana.


De acordo com a Síntese da Situação de Segurança Pública, no período entre 17 e 23 de dezembro, os atropelamentos, com 33%, lideraram os tipos de acidentes, destacando-se a província de Luanda, capital de Angola, com 62, seguido do Huambo, com 25, e a Huíla, com 24.


Nas operações desencadeadas pela polícia, foram detidos 1.005 cidadãos suspeitos dos crimes de furto (264), roubos (143), ofensas à integridade física graves e simples (166) ou agressões sexuais (29).


 O comando provincial de Luanda da Polícia Nacional destacou no balanço de atividades durante o fim de semana a detenção de um cidadão angolano, de 20 anos, presumível autor do crime de abuso sexual a duas menores de dois e cinco anos.


O facto ocorreu no município de Belas, bairro Camama, no interior de uma residência, quando o acusado se aproveitou da ausência dos pais das crianças para consumar o ato.


Na última semana, a polícia apreendeu 41 armas de fogo, menos três comparativamente a igual período anterior, destacando-se Luanda com 17, tendo ainda sido apreendidas 70 viaturas, 119 motorizadas e 115,4 quilogramas de liamba.


No que se refere à situação das fronteiras, a polícia avança que foram registados 371 crimes, dos quais 326 por transgressão de movimento migratório, 38 por contrabando de combustível, dois por contrabando de estupefacientes e cinco por contrabando de mercadorias, que resultaram na detenção de 1.201 cidadãos, maioritariamente da República Democrática do Congo (1.177).


Na fronteira com a Namíbia, as autoridades policiais angolanas indicam que foram registados 20 crimes, sendo dez por transgressão de movimento migratório, quatro por contrabando de combustível e seis por contrabando de mercadoria não declarada, que resultaram na detenção de 97 cidadãos (+47), dos quais 50 nacionais, acompanhados de 100 crianças, e 47 namibianos.


A Polícia referiu ainda que estiveram envolvidos nas diferentes um total de 33.080 efetivos.



NME // VM


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário