26 Setembro 2021, 13:16

Angola registou na última semana mais de mil casos de violência contra crianças

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Luanda, 21 jun 2021 (Lusa) – Angola registou, na última semana, mais de mil casos de violência contra crianças, dos quais se destacam 13 notificações de violações sexuais a menores, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional da Criança (INAC).


Os dados avançados hoje pela responsável do gabinete de comunicação do INAC, Rosalina Domingos, dão conta que das 1.120 denúncias recebidas, pela via SOS da Criança, 400 casos são de fuga à paternidade, 380 de violência física e psicológica, 150 crianças perdidas ou desaparecidas, 120 trabalho infantil e 13 violência sexual.


“Relativamente à violência sexual, vale informar que houve uma redução de seis casos em relação à semana passada”, referiu Rosalina Domingos, em declarações à rádio pública angolana.


Segundo a responsável, entre as denúncias de violações sexuais destaca-se o caso de duas crianças, de 12 e 14 anos, na província do Bié, município do Cuito, que têm sido abusadas sexualmente pelo padrasto desde o falecimento da mãe.


“Todos os casos de denúncias recebidos pelo SOS da Criança foram encaminhados para as instituições competentes nas devidas províncias”, frisou.


Os casos de violações sexuais no país são uma preocupação das autoridades, que nos últimos tempos têm promovido campanhas de sensibilização e informação para combater este fenómeno.


O país registou no último ano 4.221 casos de violações sexuais a menores, com idades entre os zero e 14 anos, que afetaram principalmente meninas, de todos os estratos sociais.



NME // VM


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário