13 Setembro 2022, 08:01

Austrália e China dão o primeiro passo para normalizar relações

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Nusa Dua, Indonésia, 08 jul 2022 (Lusa) — A ministra dos Negócios Estrangeiros australiana, Penny Wong, afirmou hoje que a Austrália e a China deram o primeiro passo para normalizar as suas relações diplomáticas num encontro à margem da reunião ministerial do G20 em Bali, Indonésia.


Penny Wong afirmou que debateu com o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, as diferenças entre os dois países e ambos sublinharam a importância de estabilizar relações, numa reunião considerada como um “primeiro passo”.


As relações entre a Austrália e a China têm vindo a deteriorar-se desde 2020, no meio de acusações de interferência mútua nos assuntos internos dos respetivos Estados.


Nesse mesmo ano, Camberra chegou a excluir as empresas chinesas Huawei e ZTE da rede 5G australiana por razões de segurança.


Por sua vez, a China, que ficou sobretudo descontente com o pedido da Austrália para a realização de uma investigação independente sobre a origem da pandemia de covid-19, respondeu impondo taxas de importação sobre uma série de produtos australianos.


Na reunião de hoje, os dois países sentaram-se à mesa e Penny Wong pediu a Pequim que levantasse o embargo comercial a bens australianos, tais como o vinho.


Os ministros dos Negócios Estrangeiros do G20 (as 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia) terminam hoje uma reunião de dois dias em Nusa Dua, na ilha indonésia de Bali, na qual foram discutidos os desafios que o mundo enfrenta, como a crise alimentar e energética desencadeada pela invasão russa da Ucrânia, iniciada em 24 de fevereiro.


Além dos países do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido), participaram na reunião em Bali os chefes da diplomacia da África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, China, Coreia do Sul, Índia, Indonésia, México, Rússia, Turquia e União Europeia.



BZF /SCA (PNG)// SCA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário