20 Outubro 2021, 07:52

Autárquicas: Mónica Caldeira é a candidata do PAN à Câmara de Albufeira

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Albufeira, Faro, 03 set 2021 (Lusa) — A empresária Mónica Caldeira é a cabeça de lista do PAN à Câmara de Albufeira nas próximas eleições autárquicas, assumindo a candidatura como de mudança para devolver a cidade às pessoas, disse hoje a candidata à Lusa.


Mónica Caldeira, de 44 anos, é natural e residente em Albufeira, cidade do distrito de Faro, onde desenvolve a sua atividade empresarial no setor turístico.


“Temos uma visão diferente para Albufeira, com a aposta num turismo sustentável e a diversificação da economia, para não estar tão dependente do turismo e de forma a devolvermos a cidade às pessoas”, disse à Lusa.


Militante do PAN (Pessoas-Animais-Natureza) há cerca de um mês, a candidata defende um novo rumo para o município algarvio, de forma a mudar a imagem “de uma cidade com noites violentas, com um turismo que procura o álcool”.


“Não gostamos do rumo que as coisas têm em Albufeira, e queremos um turista que venha procurar-nos pela nossa história, pela gastronomia, pelas praias e que saiba estar, ao contrário dos turistas que atualmente nos procuram pelo álcool barato e que só provocam problemas”, sublinhou.


A candidata definiu ainda como prioridade da sua candidatura, “uma diversificação da economia, para não estar tão dependente do turismo, tal como aconteceu com a pandemia [da covid-19]”.


Mónica Caldeira tem como adversários nas próximas eleições autárquicas Ricardo Clemente (PS), o atual presidente da Câmara, José Carlos Rolo (PSD), Desidério Silva (Movimento Independente por Albufeira), Abel Zua (Movimento-Albufeira Prometida), Nelson Trindade (CDU), Tomás Cavaco (BE) e Raquel Rodrigues (Chega).


Em 2012, o atual presidente, José Carlos Rolo, assumiu pela primeira vez essas funções durante um ano, após a renúncia ao cargo de Desidério Silva para se candidatar à presidência do Turismo do Algarve, mas manteve a segunda posição na lista do PSD para as autárquicas de 2013, ano em que foi eleito Carlos Silva e Sousa.


Depois de renovados os mandatos em 2017, José Carlos Rolo – que agora vai a votos como cabeça de lista pela primeira vez – voltou a substituir Carlos Silva e Sousa na presidência da Câmara de Albufeira, após a sua morte inesperada, em 2018, e assume agora o desafio de manter para o PSD uma Câmara que os sociais-democratas governam desde 2001.


Nesse ano, os sociais-democratas retiraram a gestão daquele município do distrito de Faro ao PS, conquistando uma maioria absoluta que conservam desde então e que lhes garante, na atualidade, quatro dos sete eleitos, contra três do PS.


As eleições autárquicas realizam-se em 26 de setembro.




JPC // MCL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário