10 Agosto 2022, 23:28

Seleção masculina de sub-18 falha acesso às «meias» do Europeu por muito pouco

Filipa Júlio Administrator

Foi por muito pouco, mas a Seleção Nacional masculina de Sub18 não conseguiu passar às meias-finais do Europeu que decorre em Montenegro, depois do empate a 23 golos, na noite desta quarta-feira, frente à Alemanha. Vasco Costa, do FC Gaia, foi o melhor jogador e marcador em campo (10 golos).
Portugal irá agora tentar disputar um lugar entre o quinto e o oitavo, defrontando, esta sexta-feira, a Dinamarca (12h horas).

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A «turma das quinas» chegou ao intervalo a perder por um golo, e na segunda parte sentiu muitas dificuldades em contrariar a estratégia germânica. De tal modo que, aos 50 minutos, perdia por quatro golos.

A paragem pedida pelo selecionador Nuno Santos acabou por dar frutos e Portugal cresceu até empatar a partida, mas acabou por «morrer na praia»: a igualdade era insuficiente para atingir as meias-finais.
O técnico nacional admitiu que “os alemães acabaram por ser melhores”, apesar do “equilíbrio” registado no jogo e sublinhou que os seus pupilos “merecem tudo”, uma vez que “têm sido inexcedíveis no esforço e dedicação”.

A derrota, disse, “custa, especialmente por eles, que mereciam um bocadinho mais”.

Numa análise ao encontro, Nuno Santos observou ainda que Portugal sentiu “algumas dificuldades na defesa”, pois a Alemanha “é muito forte na transição”.

O esforço “na parte final correu bem”, sublinhou, “mas não foi suficiente”, ficando “o registo” de que Portugal é “competitivo com qualquer equipa e que pode ganhar a qualquer adversário”.

Para além de Vasco Costa, melhor marcador da partida, estão ao serviço de Nuno Santos outros dois atletas do FC Gaia: Diogo Rema e Rafael Vasconcelos.

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

Tags

Sem comentários

deixar um comentário