09 Setembro 2022, 14:11

Basquetebolista internacional português João Soares termina carreira aos 32 anos

© FC PORTO
mundoatual AdministratorKeymaster

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O extremo internacional português João Soares concluiu uma carreira profissional de 16 anos ligada ao basquetebol, anunciou hoje o jogador, que alinhou no FC Porto nas últimas quatro épocas e conquistou todos os troféus nacionais.

“Depois de 16 anos enquanto profissional, chegou o momento de terminar esta etapa da minha vida. Obrigado a todos os meus companheiros de equipa, treinadores, diretores, presidentes e todos os adeptos que fizeram parte desta jornada. Ficam escritos todos os títulos, mas o mais importante serão todos os amigos e pessoas fantásticas que este desporto me deu”, escreveu o jogador, de 32 anos, numa publicação nas redes sociais.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Natural de Ovar, João Soares arrebatou um campeonato nacional e uma Supertaça na única época cumprida na Ovarense (2007/08), que precedeu uma experiência na Sérvia (2008/09), onde se sagrou campeão pelo Partizan e também competiu no Mega Basket.

Na primeira passagem pelo FC Porto (2009-2012) agregou mais um campeonato nacional, duas Taças de Portugal, um Troféu António Pratas e uma Taça Hugo dos Santos ao seu palmarés, seguindo-se uma temporada sem êxitos nos espanhóis do Navarra (2012/13).

De regresso a Portugal através da Oliveirense (2013/14), João Soares arrebatou os seus últimos cetros de campeão nacional no Benfica (2014-2018), além de mais dois Troféus António Pratas, três Taças de Portugal, três Taças Hugo dos Santos e três Supertaças.

O extremo ainda voltaria a Espanha para jogar no L´Hospitalet (2018), de onde partiu de novo para o FC Porto (2018-2022), logrando mais uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e uma Supertaça, para fechar o seu percurso nas quadras com 25 êxitos coletivos.

Com médias de 5,1 pontos, 0,8 assistências e 3,1 ressaltos por jogo em 2021/22, João Soares junta-se a João Torrié e Miguel Correia, aos norte-americanos Rashard Odomes, Jon Arledge e Mike Morrison e ao croata Markus Loncar entre as saídas dos ‘dragões’.

Sem comentários

deixar um comentário