19 Outubro 2021, 20:30

BE concorre pela 1.ª vez a Santo Tirso com investigadora Ana Isabel Silva

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O Bloco de Esquerda (BE) vai apresentar-se pela primeira vez à Câmara de Santo Tirso numas eleições autárquicas, tendo escolhido a investigadora Ana Isabel Silva para encabeçar a candidatura.

Em comunicado, a direção concelhia do BE local refere que o partido se candidata a “Santo Tirso pela primeira vez com o objetivo de renovar a política no concelho”.

“Esta candidatura procura representar todos aqueles que ambicionam um futuro diferente e compromete-se a combater a crise económica que será agravada pela Covid-19 e a lutar por mais transparência”, comprometem-se.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



De acordo com a biografia disponibilizada, Ana Isabel Silva nasceu a 28 de dezembro de 1994, em Santo Tirso, tendo crescido e passado toda a sua vida no concelho.

“É licenciada em Bioquímica pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e mestre em Neurobiologia pela Faculdade de Medicina da mesma Universidade. Atualmente, é investigadora no i3s, Universidade do Porto, onde estuda as alterações que as drogas de abuso provocam no cérebro e a forma como levam o indivíduo à adição”, acrescenta.

“É atualmente membro da Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda e a sua candidatura foi escolhida pelos aderentes do concelho e aprovada pela comissão coordenadora distrital”, destaca ainda.

A Câmara de Santo Tirso é liderada pelo PS, que venceu as eleições autárquicas de 2017 com maioria absoluta, conseguindo seis dos nove mandatos, sendo os restantes da coligação PSD/CDS-PP.

Na altura, Joaquim Couto foi eleito presidente da câmara, mas, em junho de 2019, foi substituído no cargo por Alberto Costa, depois de ter sido constituído arguido no âmbito da “Operação teia” e se ter afastado.

 

 

Sem comentários

deixar um comentário