13 Maio 2022, 17:56

Benfica vence Ovarense e está nas meias-finais da Taça de Portugal de basquetebol

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Albufeira, Faro, 06 mai 2022 (Lusa) — O Benfica apurou-se hoje para as meias-finais da Taça de Portugal de basquetebol, ao derrotar a Ovarense por larga diferença (96-65), em jogo da ‘final a oito’ da competição, que se realiza até domingo em Albufeira.


O clube com mais troféus da Taça (22), que não vence desde 2017, só sentiu algumas dificuldades no primeiro período, mas a partir do final do segundo ‘quarto’ dominou a seu bel-prazer e construiu uma volumosa diferença perante a incapacidade defensiva e os muitos erros dos ‘vareiros’.


A equipa ‘encarnada’ espera agora o seu adversário na meia-final de sábado, que sairá do confronto desta noite entre Vitória de Guimarães e Illiabum (20:00).


Num primeiro período fraco, as duas equipas mostraram-se desinspiradas e sem imaginação, o que acabou por ter eco na pobre produção ofensiva, ainda que o Benfica tenha começado o jogo ‘por cima’, com um parcial de 6-0.


Com a entrada de Brandon Anderson, o base norte-americano considerado o melhor jogador da fase regular da Liga de basquetebol, que hoje começou no banco, a equipa de Ovar melhorou ligeiramente, acabando por equilibrar o jogo até aos 10 minutos (14-13).


Os ‘encarnados’ mantiveram a vantagem no marcador durante o segundo período, que continuou na mesma toada morna e com alguma tónica no equilíbrio, antes de o Benfica ‘acelerar’ para se distanciar no marcador.


Aproveitando os erros da Ovarense, nomeadamente alguma inexperiência nas saídas de Gustavo Teixeira para o ataque, os lisboetas foram somando finalizações relativamente fáceis nos últimos minutos do segundo ‘quarto’, saindo para o intervalo com 14 pontos de vantagem (43-29).


A pausa não trouxe grandes novidades ao panorama global da partida, com o Benfica a conseguir aumentar gradualmente a diferença para 22 pontos no final do terceiro período, mesmo face às ligeiras melhorias do adversário.


Com o jogo decidido, os ‘encarnados’ rodaram a equipa, fazendo descansar os melhores a pensar na meia-final de sábado, e os elementos que saíram do banco, incluindo Tomás Barroso, natural de Albufeira e cujos três triplos foram mais festejados, acabaram até por aumentar a vantagem até às três dezenas.


 


Jogo no Pavilhão Municipal de Albufeira.


Benfica — Ovarense, 96-65.


Ao intervalo: 43-29.


 


Com arbitragem de Sónia Teixeira, José Gouveia e Daniel Oliveira, as equipas alinharam e marcaram:


– Benfica (96): Frank Gaines (17), Aaron Broussard (9), Travis Munnings (3), Makram Ben Romdhane (8) e Betinho Gomes (5). Jogaram ainda José Silva (3), José Barbosa (3), Arnette Hallman (10), Wendell Lewis (11), Ivan Almeida (18), Diogo Gameiro e Tomás Barroso (9).


Treinador: Norberto Alves.


– Ovarense (65): Gustavo Teixeira (6), Kameron Ankerson (5), Rodrigo Soeiro (3), Kameron Chatman (17) e Tyere Marshall (17). Jogaram ainda Cristóvão Cordeiro (4), Brandon Anderson (3), Pedro Bastos (2), Nikola Tadic (8), João Oliveira e Pedro Pinto.


Treinador: João Tiago Silva.


 


Marcha do marcador: 14-13 (10 minutos), 43-29 (intervalo), 71-49 (30) e 96-65 (final).


Assistência: Cerca de 200 espetadores.


 


EYP // AMG


Lusa/Fim


 

Sem comentários

deixar um comentário