04 Julho 2022, 03:49

Bispos de todo o mundo unem-se ao Papa na consagração da Rússia e Ucrânia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Fátima, Santarém, 25 mar 2022 (Lusa) – Os bispos de todo o mundo vão juntar-se hoje ao Papa na consagração da Rússia e da Ucrânia ao Imaculado Coração de Jesus, sendo que muitos dos bispos portugueses são esperados em Fátima, onde será realizado ato idêntico.


O Papa Francisco vai consagrar a Rússia e a Ucrânia na Celebração da Penitência prevista para as 16:00 na Basílica de São Pedro, em Roma, enquanto à mesma hora, na Capelina das Aparições, no Santuário de Fátima, caberá ao Esmoler Apostólico, cardeal Korad Krajewski, como Legado Pontifício, presidir ao mesmo ato.


Na carta que esta semana o Papa Francisco enviou aos bispos de todo o mundo, o pontífice sublinha que “já passou quase um mês do início da guerra na Ucrânia, que está a causar sofrimentos cada dia mais terríveis àquela atormentada população, ameaçando mesmo a paz mundial”.


“Nesta hora escura, a Igreja é fortemente chamada a interceder junto do Príncipe da Paz e a fazer-se próxima a quantos pagam na própria pele as consequências do conflito”, escreveu o papa na carta aos bispos, acrescentando que o ato de hoje “quer ser um gesto da Igreja universal, que neste momento dramático leva a Deus, através da Mãe d’Ele e nossa, o grito de dor de quantos sofrem e imploram o fim da violência, e confia o futuro da humanidade à Rainha da Paz”.


Neste contexto, o Papa convida os bispos a unirem-se ao ato de consagração e a convocarem “os sacerdotes, os religiosos e os outros fiéis para a oração comunitária nos lugares sagrados (…), de modo que o santo Povo de Deus faça, de modo unânime e veemente, subir a súplica à sua Mãe”.


Por seu turno, o Secretariado Geral da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), em comunicado, assegurou que, “em profunda comunhão com o Santo Padre, os bispos portugueses procurarão estar presentes nesta celebração em Fátima”.


“Pede-se que todas as paróquias, comunidades, institutos de vida consagrada e outras instituições eclesiais assumam esta intenção de consagração nas celebrações desse dia”, acrescenta o comunicado da CEP.


Entretanto, em Fátima, a consagração foi antecedida de uma vigília de jovens, entre elementos de congregações religiosas, Missão País, grupos da pastoral juvenil diocesana das dioceses do Centro, CNE (Corpo Nacional de Escutas) e colégios católicos, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.


Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, que estão a realizar uma peregrinação pela diocese da Guarda até ao início do mês de abril, foram deslocados para Fátima para este momento de oração que decorreu entre a noite de quinta-feira e o início da manhã de hoje.


 


JLG // JEF 


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário