29 Junho 2022, 22:49

Blinken viaja até à Austrália para reunião do”Quad” sobre ameaça da China

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Washington, 04 fev 2022 (Lusa) — O chefe da diplomacia dos EUA, Antony Blinken, desloca-se ao Pacífico na próxima semana para um encontro do “Quad” – a aliança dos Estados Unidos com a Austrália, Índia e Japão — para discutir a ameaça chinesa.


No périplo, entre quarta-feira e sábado, Blinken passará ainda pelas ilhas Fiji e terminará no Havai, onde vai debater matérias relacionadas com a Coreia do Norte.


Na Austrália, o secretário de Estado norte-americano vai participar na quarta reunião ministerial do “Quad”, dedicada aos muitos desafios comuns, incluindo a pandemia de covid-19, as alterações climáticas e a segurança marítima, de acordo com um comunicado do Departamento de Estado.


No ano passado, o Presidente dos EUA, Joe Biden, organizou as primeiras cimeiras desta aliança, que tinha sido relançada pelo seu antecessor, Donald Trump, para promover uma região Ásia-Pacífico mais democrática, estável e segura.


Embora a China não seja mencionada diretamente no comunicado do Departamento de Estado norte-americano, o “Quad” representa uma frente unida perante as ambições expansionistas de Pequim, com a China a ser acusada de intimidação no Mar do Sul da China.


Em 12 de fevereiro, no último dia da viagem, Antony Blinken será o primeiro secretário de Estado norte-americano a visitar Fiji desde 1985, levando na agenda o propósito de promover uma região “livre e aberta do Indo-Pacífico”, mantra de Washington para conter as crescentes aspirações de Pequim.


O périplo terminará no mesmo dia em Honolulu, Havai, onde Blinken presidirá a uma reunião com os seus homólogos do Japão e da Coreia do Sul para aprofundar a cooperação, perante a constante ameaça nuclear da Coreia do Norte, que se intensificou nas últimas semanas, com novos testes de mísseis.



RJP // PDF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário