26 Janeiro 2022, 14:11

Bolsa de Nova Iorque negoceia mista preocupada com nova variante

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 30 nov 2021 (Lusa) — A bolsa de Nova Iorque está hoje a negociar mista, depois de ter aberto no vermelho, à medida que as dúvidas aumentam em relação à eficácia das vacinas existentes contra a variante Ómicron do coronavírus.


Pelas 15:07 horas em Lisboa, o índice Dow Jones Industrial recuava 0,71%, para 34.896.05 pontos, o Standard & Poor’s perdia 0,66% para 4.62466 pontos e o tecnológico Nasdaq ganhava 0,11% para 15.800.74 pontos.


Os analistas consideram que a nova variante do coronavírus levou a que os mercados regressassem a um “modo de risco”, sublinhou a Bloomberg, adiantando que os principais executivos das empresas nos Estados Unidos consideram que “muitas mutações da última variante” sugerem que “novas vacinas serão necessárias”.


No entanto, a Universidade de Oxford realçou que “não há evidências” de que as vacinas existentes “não darão alguma proteção contra o Ómicron”.


Na segunda-feira, o presidente da Reserva Federal, Jerome Powell, avisou para os “riscos potenciais” da nova variante Ómicron para a economia, alimentando assim as especulações de que poderia atrasar a subida das taxas de juro.


Powell vai estar hoje no Comité Bancário do Senado juntamente com a secretário do Tesouro Janet Yellen, no primeiro de dois dias audições por parte do Congresso relacionadas com os estímulos monetários à pandemia.


Na realidade, após a recuperação de Wall Srett no fecho da sessão na segunda-feira, os setores mais expostos à pandemia, como transporte aéreo, energia e bancário, voltaram hoje a cair na abertura da sessão.


A Delta Air Lines recuava na abertura 0,7%, a United Airlines perdia 1,8% e Boeing caía 0,8%, evolução também sentida com as ações da Royal Caribbean Cruises e da Carnival Corporation.


Já os serviços de vídeo, como a Netflix e o Roku, beneficiavam da perspetiva de novos bloqueios relacionados com a variante Ómicron se concretizarem.


O preço do ouro subiu 0,62%, para 1.796 a onça.



JS // JNM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário