23 Dezembro 2022, 18:30

Bombeiros suspeitam de ‘ato criminoso” em incêndio em centro comercial de Moscovo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Moscovo, 09 dez 2022 (Lusa) — Os bombeiros russos suspeitam que “um ato criminoso” esteja na origem do incêndio de grandes dimensões em curso num centro comercial nos subúrbios de Moscovo, noticiaram agências russas.


As chamas começaram na quinta-feira à noite e já afetam “uma área de sete mil metros quadrados”, anunciou o ministro para as Situações de Emergência russo, Alexandr Kurenkov, na plataforma Telegram.


O incêndio atingiu o centro comercial Mega Khimki, no subúrbio de Khimki, a norte da capital russa, disseram os serviços de emergência.


Os serviços de emergência russos disseram suspeitar que “um ato criminoso” esteja na origem do incêndio, avançaram agências de notícias russas, referindo-se a fontes não identificadas dos serviços de emergência.


Uma fonte, citada pela agência Interfax, disse suspeitar que as chamas tenham tido origem em “atos deliberados, como um incêndio criminoso”.


Outra agência de notícias russa, a Sputnik, avançou também que um ato criminoso é “uma das principais explicações” que estão a ser consideradas para o início do incêndio.


Vídeos divulgados nas redes sociais mostram um incêndio de grandes dimensões, ao mesmo tempo que se podem ver pessoas a fugir de um edifício em chamas em direção a um estacionamento.



VQ // EJ


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário