26 Janeiro 2022, 13:44

Borrell diz que alívio da tensão entre Rússia e Ucrânia é prioridade para UE

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bruxelas, 09 de jan 2022 (Lusa) – O alto representante da União Europeia (UE) para a Política Externa, Josep Borrell, disse hoje que a “principal preocupação e primeiro objetivo” dos 27 Estados-membros é a diminuição da tensão entre a Rússia e a Ucrânia.


Borrell também reafirmou, numa publicação no seu ‘blog’, que qualquer nova agressão contra Kiev terá consequências para Moscovo.


Sobre a sua recente viagem à Ucrânia, o chefe da diplomacia da UE disse que, embora a Rússia se defina como “mediador”, é “parte” do conflito e que o principal interesse, preocupação e propósito dos 27 Estados-membros é “fazer com que a Rússia diminua as tensões”, e


Defendendo que o diálogo é “essencial” para resolver o conflito, Borrell considerou que, “além da Ucrânia, toda a arquitetura de segurança europeia está em jogo” e criticou a Rússia por ter “deliberadamente excluído qualquer referência à UE dos projetos de tratados” apresentados em dezembro passado.


A Rússia “parece ter a intenção de fazer atrasar o relógio até aos velhos tempos da Guerra Fria”, disse.


“As propostas russas refletem (…) a posição das autoridades russas de reverter a evolução ocorrida desde 1990, em detrimento da unidade europeia e em violação da independência e soberania dos ex-estados soviéticos”, adiantou.


Para a próxima semana estão previstas diversas reuniões para amenizar a tensão nas relações entre os dois países.


A ronda começa ainda hoje em Genebra, com uma reunião entre responsáveis russos e norte-americanos, prossegue na segunda-feira com um encontro do secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, com o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, e continua na quarta-feira, também na capital belga, com uma reunião entre dirigentes russos e a NATO. Para quinta-feira, está prevista uma reunião da diplomacia russa com a Organização para Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), em Viena.


 


ABC // PAL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário