22 Outubro 2021, 23:44

Braga “respira saúde” e quer ‘final four’ da Taça da Liga – Carlos Carvalhal

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Braga, 16 dez 2020 (Lusa) – O treinador Carlos Carvalhal frisou hoje que o Sporting de Braga “respira saúde” e está “muito determinado” em vencer o Estoril Praia, da II Liga, e marcar presença na ‘final four’ da Taça da Liga de futebol.


Depois da goleada sobre o Olímpico do Montijo, do Campeonato de Portugal, por 7-0, na segunda-feira, a contar para a Taça de Portugal, o Sporting de Braga vai defrontar para a Taça da Liga, na quinta-feira, o Estoril Praia, que eliminou o Boavista na mesma competição (2-1).


Para Carlos Carvalhal, “foi bom” os estorilistas terem vencido uma equipa da I Liga para que o Sporting de Braga saiba que tem que estar no máximo para atingir a ‘final four’ da Taça da Liga.


“A equipa está mais do que preparada para o jogo, [temos] um respeito muito grande pelo Estoril e, reforçando esse respeito, foi bom ter vencido o Boavista”, disse o treinador à televisão do clube, observando que “é necessário estar a ‘top’ para conseguir ultrapassar este adversário”.


O técnico destacou o “momento muitíssimo bom” que o Sporting de Braga atravessa, com “bons jogos e bons resultados” e, apesar de esperar um “jogo difícil” diante dos ‘canarinhos’, frisou que a “equipa respira saúde, está muito determinada e focada, com uma vontade muito grande de estar na ‘final four'”.


O treinador lembrou a “forma muito séria” como os bracarenses têm abordado as partidas, o que espera ver repetido na quinta-feira, diante de “uma equipa de muito mais valia”, na qual encontra “características de I Liga”.


Carlos Carvalhal realçou ainda a competitividade que existe no plantel “desde o início”.


“Fomos incutindo algumas ideias em relação à competitividade e a equipa tem dado uma resposta absolutamente fantástica, os jogadores têm sido inexcedíveis na forma como abordam as competições – competir para ganhar”, disse.


Matheus venceu o prémio de melhor guarda-redes da I Liga em novembro e Carlos Carvalhal deixou elogios ao guardião, “um dos melhores” do campeonato e que “está a fazer uma época extraordinária”.


“Está de parabéns o Matheus, por ser o último bastião, mas também a organização defensiva toda da equipa, que faz com que não sofra golos, e aí englobo os guarda-redes que lutam com ele, o Rogério e o Tiago Sá, que esteve exemplar nos dois últimos jogos”, disse.


O treinador notou que, simultaneamente ao bom desempenho defensivo, o Sporting de Braga é uma “das equipas mais concretizadoras”.


“Li que é o melhor registo desde há 76 anos, o que é extraordinário. Mas também tivemos jogos com uma eficácia muito reduzida, recordo o jogo com o Santa Clara, por exemplo, em que tivemos imensas oportunidades e não as concretizamos”, disse.


O técnico não pode contar com David Carmo, castigado, nem com os lesionados Moura, Rui Fonte e Gaitán.


Sporting de Braga, quarto classificado da I Liga, e Estoril Praia, líder da II Liga, defrontam-se a partir das 20:15 de quinta-feira, no Estádio Municipal de Braga, em jogo que será arbitrado por Luís Godinho, da associação de Évora.



GYS // RPC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário