13 Maio 2022, 15:45

Brasil atinge arrecadação recorde de impostos em 2021

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

São Paulo, 25 jan 2022 (Lusa) – O Brasil arrecadou 1,9 biliões de reais (306 mil milhões de euros) em impostos no ano passado, a maior arrecadação anual desde 1985, quando o indicador começou a ser medido com os critérios atuais pelo Tesouro do país.


De acordo com a Administração Tributária Federal brasileira, a coleta de impostos do Governo central, excluindo taxas pagas aos estados e municípios, somou 1,8 biliões de reais (291 mil milhões de euros) no ano passado, saltando 17,36% face ao ano de 2020.


O Tesouro brasileiro explicou que os números refletem um aumento na arrecadação de diversos impostos, principalmente das taxas pagas por empresas, que cresceram 31,1%.


A arrecadação de impostos no Brasil bateu esse recorde impulsionada pelo crescimento da economia interna, que deverá saltar 4,5% em 2021, segundo as últimas projeções.


Em dezembro passado, a arrecadação de impostos no Brasil totalizou 193,9 mil milhões de reais (cerca de 31,5 mil milhões de euros), um aumento de 10,76% face ao mesmo mês de 2020 e outro recorde para aquele período.


A arrecadação de impostos no país sul-americano poderia ter sido maior no ano passado se não fossem as isenções fiscais concedidas pelo Governo para diferentes setores empresariais para ajudá-los a se recuperar em razão da pandemia.


O valor que as empresas beneficiadas com isenções fiscais e que deixaram de pagar impostos no Brasil no ano passado totalizou 93,7 mil milhões de reais (15,2 mil milhões de euros).



CYR//RBF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário