14 Maio 2022, 22:40

Brasil celebra Saramago no Dia Mundial da Língua Portuguesa

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Brasília, 28 abr 2022 (Lusa) — O centésimo aniversário do nascimento de José Saramago servirá de mote para as celebrações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, explicou à Lusa o embaixador de Portugal em Brasília.


“É incontornável quando estamos a comemorar a língua portuguesa, comemorar também José Saramago”, que é “até agora o único prémio Nobel da literatura em língua portuguesa”, sublinhou à Lusa Luís Faro Ramos.


O responsável português enfatizou ainda para o facto de estas comemorações serem realizadas pela primeira vez presencialmente, uma consequência da pandemia, já que a UNESCO instituiu o 05 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa apenas em 2019.


No dia 05 de maio, na próxima quinta-feira, em sete estações de metro da capital brasileira será inaugurada a exposição “A Bagagem do Viajante”, uma exposição de encontros de José Saramago com autores e artistas brasileiros como Jorge Amado, seu amigo pessoal, Oscar Niemeyer, arquiteto que projetou Brasília, Chico Buarque, entre outros, explicou o Camões — Centro Cultural Português em Brasília.


Mas não só: “Pilar del Río ou Valter Hugo Mãe estão a bordo da passarola” e também personagens do romance Memorial do Convento, vão poder ser vistas pelos ‘viajantes’.


A seleção e apresentação dos textos é da responsabilidade do comissário-geral para as comemorações do centenário do nascimento de José Saramago, Carlos Reis, e as ilustrações da autoria de Pedro Amaral, Nathalie Afonso, Carlos Farinha e Mathieu Sodore.


Nesse mesmo dia, o auditório Camões da Embaixada de Portugal em Brasília recebe Pilar Del Río, mulher do escritor e presidente da Fundação José Saramago, e Carlos Reis que vão discutir o legado de Saramago.


Numa declaração enviada à Lusa, a diretora e representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto, frisou que “para a Organização, celebrar esta data, ao lado da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), é uma oportunidade única de valorizar a expressão da diversidade cultural dos países que falam o português, bem como de aumentar a consciencialização sobre a história, a cultura e o uso de uma das principais línguas de comunicação internacional”.


Para a organização que decretou o 05 de maio como Dia Mundial da Língua Portuguesa, esta data é também “uma ocasião para promover o multilinguismo, um valor fundamental para a UNESCO que, além de resultar numa comunicação harmoniosa entre os povos, promove a compreensão global, a tolerância e o diálogo”.


Entre os dias 06 e 07 de maio haverá ainda espaço para mais uma exposição de Saramago em São Paulo e para a inauguração de uma cátedra com o seu nome na cidade do Paraná.


Quanto à exposição nas estações de metro em Brasília, os trabalhos originais estarão patentes na Galeria Camões da Embaixada de Portugal no Brasil até 31 de julho.



MIM // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário