07 Julho 2022, 01:47

Cabo Verde congela preço do gás butano e limita a 5% aumento no gasóleo e gasolina

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Praia, 25 mar 2022 (Lusa) – O Governo cabo-verdiano anunciou hoje o congelamento dos preços do gás butano e combustíveis para eletricidade por três meses, com os restantes a subirem 5%, face à atualização de pelo menos 25% que se perspetivava.


“O Governo de Cabo Verde declara a suspensão temporária, durante três meses, de abril a junho, da aplicação de mecanismos de fixação de preços dos combustíveis” (…) Nesse sentido, a atualização dos preços máximos de venda ao público referente ao mês de abril, permanecem fixos, nos níveis atuais, vigentes no corrente mês de março, para alguns produtos, como butano e combustíveis para produção de eletricidade”, anunciou o ministro da Energia, Alexandre Monteiro.


Em conferência de imprensa conjunta com o ministro da Agricultura, no palácio do Governo, na Praia, para anunciar as medidas de mitigação e congelamento de preços dos combustíveis e produtos agroalimentares, face aos aumentos internacionais provocados pela guerra na Ucrânia, decididas esta manhã em reunião do Conselho de Ministros, o governante acrescentou que “o limite do ajustamento em alta para os demais preços de combustíveis regulados” passa a ser fixado em 5% a partir de abril.


“Como limite máximo em termos de aumento”, sublinhou, numa medida que se aplicará, em concreto, ao gasóleo e à gasolina.


O preço médio dos combustíveis aumentou mais de 4% este mês em Cabo Verde, conforme valores máximos definidos — como acontece todos os meses – pela agência reguladora do setor, e acumularam uma subida de quase 46% em todo o ano de 2021.


Já as tarifas da eletricidade, igualmente condicionadas pelos preços dos combustíveis — Cabo Verde depende da produção de eletricidade em centrais a gasóleo -, aumentaram em média 30% em outubro passado.



PVJ // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário