20 Setembro 2021, 05:14

Caixa Geral de Depósitos e BCP passam nos testes de ‘stress’ da EBA

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 30 jul 2021 (Lusa) — A Caixa Geral de Depósitos e o BCP passaram nos testes de ‘stress’ efetuados pela Autoridade Bancária Europeia (EBA), com rácios de capital ‘Core Tier 1’ (CET1) acima de 6%, de acordo com os dados hoje publicados.


No caso do BCP, o teste revelou que o banco, num cenário de situação adversa, ficaria com um CET1 ‘fully loaded’, ou seja, tendo em conta futuras exigências de capital, de 8,14% em 2023, uma redução de 406 pontos base em relação ao cenário do final de 2020, de 12,20%.


Já a Caixa Geral de Depósitos atingiria, também em 2023 e num cenário semelhante, 15,34%, face a 18,22% no fim do ano passado, numa redução de 288 pontos base.


Ambos os bancos ficam acima da média da União Europeia, que teria, segundo a EBA, uma perda de 485 pontos base, tendo em conta os 15% de partida, em 2020 e a previsão de 10,2% em 2023.


A EBA publicou hoje os resultados destes testes que envolveram 50 bancos, cobrindo perto de 70% dos ativos do setor bancário.


“Este exercício permite avaliar, de uma forma consistente, a resiliência dos bancos da UE num horizonte de três anos”, tendo em conta um cenário base e um cenário adverso.


A CGD e o Banco Comercial Português (BCP) foram os únicos bancos portugueses que participaram nos testes de ‘stress’ da EBA.



ALYN // CSJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário