14 Maio 2022, 08:50

Câmara de Braga atribui subsídio de 30 mil euros aos Bombeiros Voluntários

mundoatual AdministratorKeymaster

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A Câmara de Braga vai atribuir 30 mil euros à Associação Humanitária e Beneficente dos Bombeiros Voluntários de Braga para apoiar o trabalho desenvolvido por esta instituição.

A proposta, que vai ser hoje votada na reunião de Executivo, pretende conferir maior estabilidade à corporação do ponto de vista financeiro, permitindo que esta mantenha o seu serviço humanitário com prontidão, qualidade e eficácia, sendo capaz de realizar a sua atividade e atribuições nas áreas de combate a incêndios, socorro de pessoas, proteção de bens e proteção civil.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O presidente da autarquia sublinha que o aumento significativo do valor do subsídio a atribuir – que em 2020 se situava nos 15 mil euros e em 2021 nos 20 mil euros – “é demonstrativo da atual relação de proximidade entre os Bombeiros Voluntários e o Município e do imenso respeito pela atividade que esta Associação desenvolve em prol de toda a população do concelho”.

“Este é fator determinante para que os bracarenses se sintam seguros numa cidade que tem na proteção civil um dos seus fatores de orgulho e de afirmação, como foi possível verificar, por exemplo, durante a crise pandémica que vivemos”, acrescenta Ricardo Rio.

A juntar a estes apoios anuais que se iniciaram em 2016, o Município refere ainda que atribuiu recentemente uma verba de 100 mil euros para apoio à construção do novo quartel, que ficará localizado na freguesia de Arcos S. Paio e cuja construção já se iniciou.

“O Município sempre se disponibilizou a dar todo o apoio possível a este projeto que, mais do que uma ambição, é uma necessidade desta instituição para dotar todos os que a servem de melhores condições para executarem as suas funções”, frisa o autarca.

Sem comentários

deixar um comentário