23 Maio 2022, 00:08

Carapaz é o chefe de fila da INEOS na Volta a Itália de 2022

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O ciclista equatoriano Richard Carapaz será o chefe de fila da INEOS na Volta a Itália de 2022, que se disputa entre 06 e 29 de maio, anunciou hoje a equipa britânica, vencedora das duas últimas edições.

O equatoriano procura reeditar o triunfo no Giro de 2019, em representação da Movistar, e oferecer à INEOS o terceiro sucesso seguido na prova, depois do britânico Tao Geoghegan Hart, em 2020, e do colombiano Egan Bernal, que recupera dos ferimentos sofridos num grave acidente, em 2021.

Carapaz, o primeiro equatoriano a vencer uma das três principais provas velocipédicas mundiais, em conjunto com a Volta a França e a Volta a Espanha, terá o apoio no Giro de 2022 de Jonathan Castroviejo, Jhonatan Narváez, Richie Porte, Salvatore Puccio, Pavel Sivakov, Ben Swift e Ben Tulett.

“Tenho boas recordações do Giro, do ano em que começou em Israel [em 2018]. Ganhar uma etapa, logo no meu primeiro Giro, é uma das melhores memórias da minha carreira. É uma corrida que adoro, talvez a minha preferida. Ganhar a Volta a Itália em 2019 foi algo de muito especial”, observou o ciclista, de 28 anos.

A Volta a Itália de 2022, a 105.ª edição da prova, começa em Budapeste, em 06 maio, e termina em Verona, em 29 do mesmo mês, depois de os participantes terem percorrido um total de 3.410 quilómetros, distribuídos por 21 etapas.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário