21 Outubro 2021, 07:21

Carlos Carvalhal quer Braga ao “melhor nível” para bater Torreense na Taça

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Braga, 12 jan 2021 (Lusa) – O treinador Carlos Carvalhal disse hoje esperar um Torreense “incómodo” e frisou que só um Sporting de Braga ao “melhor nível” poderá eliminar a equipa do terceiro escalão da Taça de Portugal de futebol.


“Esperamos um adversário incómodo, é verdade que o campeonato esteve parado [devido à pandemia de covid-19], mas a última derrota que teve foi em fevereiro do ano passado. Tem um técnico muito experiente, que conheço muito bem, o Filipe Moreira, um bom treinador, pensaria que, nesta altura, ele estivesse a treinar, no mínimo, na II Liga, porque sei da sua competência há muitos anos”, considerou o técnico minhoto, em declarações à televisão do clube.


Carlos Carvalhal elogiou também o Torreense, que “tem ganho de forma confortável no seu campeonato [série F do Campeonato de Portugal], que lidera, sem derrotas, com muitos golos marcados e poucos sofridos”.


O treinador ‘arsenalista’ disse esperar um adversário “muito idêntico ao Trofense”, equipa que também milita no Campeonato de Portugal e que o Sporting de Braga eliminou com dificuldade na terceira eliminatória (2-1, na Trofa, com o golo da vitória a surgir nos ‘descontos’).


Carlos Carvalhal disse ainda que o grupo tem consciência que o Torreense vai encarar o jogo de quarta-feira fortemente motivado.


“Sim, temos consciência disso, mas também temos essa vontade e essa forma de encarar os jogos, como se fosse o último jogo das nossas vidas e não temos dúvidas que o Torreense vai fazer a mesma coisa, porque é um jogo a eliminar. Tem uma oportunidade de se mostrar, o jogo vai ser televisionado, e estamos à espera do melhor Torreense individual e coletivamente”, disse.


Por isso, o treinador, que prometeu uma equipa “na máxima força, quer “a melhor versão do Sporting de Braga” para, “no mínimo, igualar o Torreense em atitude”.


“Vamos fazer isso de certeza absoluta porque os jogadores sabem da importância deste jogo e estão alertados, não vamos ser surpreendidos, como já não fomos com o Trofense, nem com o Olímpico do Montijo [na quarta eliminatória]”, disse.


O técnico mostrou-se ainda “satisfeito” pelos elogios dos treinadores adversários.


“É quase unânime que o Sporting de Braga pratica um bom futebol, mas tão importante como isso é que temos ganho, feito golos, e prosseguido nas várias competições, o que é muito difícil gerir, porque há sempre competições que ficam ‘prejudicadas’ pelo desgaste acumulado, mas temo-nos saído muito bem, estamos bem posicionados no campeonato, na ‘final four’ da Taça da Liga, nos 16 avos da Liga Europa e queremos seguir em frente na Taça de Portugal”, concluiu.


Sporting de Braga, quarto classificado da I Liga, e Torreense, primeiro da série F do Campeonato de Portugal, defrontam-se a partir das 15:30 de quarta-feira no Estádio Municipal de Braga, em jogo que será arbitrado por Hugo Silva, da associação de Santarém.



GYS // RPC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário