26 Janeiro 2022, 19:54

Casa Pia surpreendido em casa por eficaz Académico de Viseu

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 15 jan 2022 (Lusa) — O líder Casa Pia foi hoje surpreendido em casa pelo eficaz Académico de Viseu, que venceu por 1-0, em jogo da 18.ª jornada da II Liga de futebol, um resultado seguro pelo guarda-redes esloveno Gril.


O avançado austríaco Daniel Nussbaumer fez o único tento da partida, aos 19 minutos, que permitiu ao Académico de Viseu ‘fugir’ à zona de despromoção e ascender, ainda que de forma provisória, ao 12.º lugar, com 21 pontos, enquanto o Casa Pia, com 33, pode perder a liderança durante esta jornada, que marca o início da segunda volta.


O conjunto viseense até foi o primeiro a dispor de uma oportunidade de golo, aos seis minutos, quando Daniel Nussbaumer se isolou perante João Victor, mas Kelechi, muito veloz, recuperou a posição e atrapalhou o remate do avançado austríaco, respondendo o Casa Pia de bola parada, aos 12, num cabeceamento de João Vieira ao lado.


Eram os ‘gansos’ que apresentavam um índice bem mais elevado de posse de bola e de tentativas de golo, mas foi mesmo o Académico de Viseu a inaugurar o marcador, aos 19 minutos, com Daniel Nussbaumer a bater João Victor entre os centrais, após passe de Pana.


Em desvantagem, seguiu-se um ‘festival’ de desperdício por parte da formação caseira, iniciada num livre direto de Leonardo Lelo (26), para boa intervenção de Gril, mas as ocasiões mais soberanas pertenceram a Jota (30 e 36): primeiro, com a baliza deserta, atirou muito por cima, e, depois, viu o guarda-redes esloveno a levar de novo a melhor.


Antes do descanso, Leonardo Lelo voltou a ‘disparar’, desta feita contra a malha lateral da baliza adversária, num primeiro tempo interessante e cheio de oportunidades, ao contrário do que sucedeu na segunda parte, embora Jota tenha voltado a ameaçar a igualdade, com a cabeça, aos 53 minutos, mas Gril evitou com uma soberba defesa.


O treinador Pedro Ribeiro tirou o avançado André Claro para reforçar o eixo defensivo com mais um central, Ricardo Machado, numa alteração que permitiu neutralizar as ações ofensivas da equipa lisboeta, menos criteriosa e mais ansiosa na segunda parte.


O Académico de Viseu até podia ter ampliado a vantagem aos 63 minutos, mais uma vez por Daniel Nussbaumer, que voltou a surgir isolado, mas João Victor chegou primeiro, já fora da área, e Paul Ayongo, aos 82, tentou o chapéu, que saiu ligeiramente ao lado.


 


Jogo realizado no Estádio Pina Manique, em Lisboa.


Casa Pia — Académico de Viseu, 0-1.


Ao intervalo: 0-1.


Marcadores:


0-1, Daniel Nussbaumer, 19 minutos.


 


Equipas:


– Casa Pia: João Victor, Kelechi, Hebert (Lucas Silva, 72), Zolotic, Lucas Soares (Galo, 72), Neto, Banjaqui (Bozhanaj, 84), Leonardo Lelo (Ricardo Fernandes, 84), Sanca (Godwin Saviour, 59), Jota e João Vieira.


(Suplentes: Ricardo Batista, Galo, Rogério Fernandes, Ricardo Fernandes, Cuca, Lucas Silva, Godwin Saviour e Bozhanaj).


Treinador: Filipe Martins.


– Académico de Viseu: Gril, Mesquita, Pedro Monteiro, Igor Milioransa, Vítor Bruno (Rentería, 86), Ericson, Pana (Tiago Correia, 86), Sena (Yuri Araújo, 46), Paul Ayongo, André Claro (Ricardo Machado, 56) e Daniel Nussbaumer (João Vasco, 74).


(Suplentes: Janota, Tiago Correia, Ricardo Machado, Fernando Ferreira, Rentería, Famana Quizera, Yuri Araújo, Romy Silva e João Vasco).


Treinador: Pedro Ribeiro.


 


Árbitro: David Silva (AF Porto).


Ação disciplinar: Cartão amarelo para Pana (03), Ericson (25), Neto (38), Vítor Bruno (50), Pedro Monteiro (62), Daniel Nussbaumer (70) e Yuri Araújo (83).


Assistência: Cerca de 200 espetadores.


 


DYRP // RPC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário