29 Janeiro 2022, 00:34

Caso EDP: Manuel Pinho fica em prisão domiciliária até pagar caução de seis milhões de euros

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O antigo ministro Manuel Pinho vai ficar em prisão domiciliária até pagar uma caução de seis milhões de euros no âmbito do processo EDP, decidiu hoje o juiz de instrução Carlos Alexandre.

 

Sem comentários

deixar um comentário