13 Maio 2022, 23:05

Centro de Artes Contemporâneas dos Açores mostra A4 de João Gil e Violette Maillard

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Ponta Delgada, Açores, 05 mai 2022 (Lusa) — O Arquipélago — Centro de Artes Contemporâneas dos Açores, na Ribeira Grande, apresenta no sábado os projetos da residência artística A4 de João Gil e Violette Maillard, inseridos na Temporada Cruzada Portugal-França 2022.


Em comunicado, o Arquipélago avança que os projetos da residência A4 são promovidos pela plataforma de fotografia Ci.CLO e pelo coletivo Fetart e contam com a curadoria de Carine Dolek e de Virgílio Ferreira


A residência A4 procura “desenvolver projetos fotográficos e videográficos em torno do conceito de oásis, considerado como um território psicogeográfico de regeneração, um ecossistema frágil no nosso planeta em crise”, lê-se na nota de imprensa.


O projeto de João Gil, intitulado “(In)visible”, visa “explorar as visibilidades e invisibilidades inerentes às agendas geopolíticas subjacentes” à localização geográfica do arquipélago, através de um filme que “justapõe imagens de promoção turística de paisagens nos Açores com imagens da Base das Lajes” na ilha Terceira.


O trabalho de Violette Maillard, designado “Musa Paradisíaca”, parte de uma “bananeira” para abordar “temas como a descolonização, migração de plantas em relação à migração de pessoas, natureza, natureza artificial, oásis, sobrepopulação e novos padrões alimentares”.


A apresentação tem entrada gratuita e vai decorrer das 15:00 às 18:00 (hora local, menos uma hora do que no continente português).


O evento está inserido na Temporada Cruzada Portugal-França 2022, uma iniciativa de diplomacia cultural, de aprofundamento de relações entre os dois países, com uma intensa programação que arrancou em fevereiro e terminará em outubro.



RPYP (SS)// ACG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário