07 Fevereiro 2023, 17:56

Centro Hospitalar Gaia/Espinho duplica capacidade de resposta em ressonâncias

O Centro Hospitalar Gaia/Espinho duplica, a partir de hoje, a sua capacidade de resposta em ressonâncias magnéticas (RM), com a entrada em funcionamento de um novo equipamento que vai permitir poupar 675 mil euros através da internalização de exames.

“A aquisição do segundo equipamento e a realização de produção adicional aos fins de semana e feriados possibilitará a realização de aproximadamente 15.000 estudos por ano internamente, que corresponderá a uma redução da atual necessidade de externalização de 64% para 9%”, avança o diretor do serviço de Imagiologia do Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE), Pedro Sousa, citado num comunicado.

Atualmente, realizam-se no CHVNGE aproximadamente 16.500 estudos de RM por ano, dos quais 10.500 em prestadores externos.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A duplicação da resposta, ao nível quer quantitativo quer qualitativo, vai traduzir-se numa poupança anual de 675 mil euros ao permitir a internacionalização quase total dos exames realizados naquele centro hospitalar.

De acordo com Pedro Sousa, o novo equipamento vem dar “uma resposta integral aos estudos da oncologia, assim como a realização de estudos mais diferenciados, nomeadamente nas áreas de neurorradiologia e cardiologia, com qualidade de imagem superior e tempos de execução menores”.

No entanto, o grande objetivo, assinala o CHVNGE, passa por garantir a total autonomia na realização dos exames, assim como, “realizar atividade para outras unidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS) sem capacidade instalada, ou com capacidade instalada insuficiente”.

Sem comentários

deixar um comentário