30 Dezembro 2022, 11:01

César Peixoto diz que uma vitória pode transformar momento do Paços de Ferreira

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Paredes, Porto, 07 out 2022 (Lusa) — O treinador César Peixoto reconheceu que o momento do Paços de Ferreira anda descasado com um futebol fantástico, acreditando que um triunfo diante do Vitória de Guimarães poderá transformar a campanha da equipa na I Liga de futebol.


Na conferência de antevisão ao jogo da nona jornada, o técnico pacense admitiu o momento delicado do Paços, ainda sem vitórias e com apenas dois pontos somados, sem deixar de acreditar na transformação da equipa.


“Semanas complicadas têm sido todas e os primeiros dias desta semana foram de frustração, porque [os jogadores] sentiram que um pormenor individual nos tirou a vitória. O nosso trabalho tem sido descomplicar, sempre com perspetiva de estarmos fortes no próximo jogo, mas acredito que a almejada vitória pode ultrapassar todo este cenário”, disse César Peixoto.


O técnico admitiu que “não é o momento de a equipa jogar um futebol fantástico”, mas reiterou fé nos jogadores e no coletivo, por “sentir a equipa mais competitiva e unida e mais perto vencer”.


“A equipa está mais compacta, mais coesa, está a crescer e a acusar essas dores de crescimento. Apesar da pressão e dos resultados não estarem a acontecer, nunca foi por falta de trabalho. Temos de estar o mais focados possível e, emocionalmente, tentar passar confiança. Marcar primeiro é fundamental, porque quando sofre vai um pouco abaixo”, insistiu.


Sobre o Vitória, César Peixoto deu conta de uma “equipa forte e mais confiante, com boas dinâmicas”, que “vai tentar pressionar alto” e, certamente, criar “imensas dificuldades”.


“Os adeptos têm toda a razão de andarem chateados, mas o momento não é bom e eles são muito importantes. É pedir-lhes que venham, que apoiem, e, depois do jogo terminar, tirem as ilações”, concluiu.


Gaitán e Ibrahim, titulares no empate diante do Arouca (1-1), na última jornada, estão em dúvida, numa lista de ausentes que volta a incluir Luiz Carlos, Holsgrove, Jordi e Pedro Ganchas.


Na tabela, o Paços continua em zona de descida, no 17.º e penúltimo lugar, com dois pontos, enquanto o Vitória de Guimarães é nono, com 11.


As duas equipas defrontam-se no estádio Capital do Móvel, no sábado, às 20:30, num jogo que terá arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.



CYA // NFO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário