29 Dezembro 2022, 08:34

China vai apoiar segurança alimentar na Guiné-Bissau com dois milhões de dólares

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bissau, 23 abr 2021 (Lusa) – O embaixador da China em Bissau, Guo Ce, anunciou hoje que o seu país vai apoiar a segurança alimentar na Guiné-Bissau com dois milhões de dólares através da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura.


“No quadro da cooperação com a FAO, o Governo vai apoiar com dois milhões de dólares americanos (cerca de 1,6 milhões de euros). Vai apoiar as cantinas das escolas com a alimentação”, afirmou o embaixador chinês, que falava aos jornalistas no final de um encontro com o primeiro-ministro guineense, Nuno Gomes Nabiam.


O embaixador salientou também que durante o encontro com o primeiro-ministro guineense abordou a necessidade de atrair mais investimento chinês para a Guiné-Bissau.


“Queremos promover o investimento de empresas chinesas no país para contribuir para o desenvolvimento socioeconómico”, afirmou o embaixador.


Durante o encontro, disse o diplomata, foram também abordados os vários projetos de cooperação em curso no país, nomeadamente o início da construção da autoestrada entre o aeroporto e Safim.


A cooperação chinesa na Guiné-Bissau centra-se em basicamente nas áreas das infraestruturas, agricultura, saúde e educação.



MSE // VM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário