04 Julho 2022, 18:30

CHVNGE tem primeira equipa de rastreio epidemiológico em colaboração com a ARS Norte

© AMÂNDIA QUEIRÓS | MUNDO ATUAL
mundoatual AdministratorKeymaster

O Centro Hospitalar Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE) criou a primeira equipa hospitalar nacional, integrada no Projeto de Rastreio Colaborativo da ARS-Norte, que prevê a realização de cerca de cinco mil testes de rastreio epidemiológico até à primeira semana de fevereiro.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A equipa, constituída por 34 médicos internos em regime de voluntariado, é dedicada ao rastreio epidemiológico de covid-19, trabalhando em parceria com a Unidade de Saúde Pública (USP) do ACeS Gaia/Espinho, sob supervisão de Firmino Machado, médico especialista em Saúde Pública.

A colaboração entre o CHVNGE e a USP teve início a 17 de janeiro, permanecendo em atividade até ao final da primeira semana de fevereiro, todos os dias úteis, entre as 8h30 e as 19h30. Neste período, prevê-se a realização de cerca de cinco mil inquéritos.

De acordo com Firmino Machado, “a USP do ACeS Gaia/Espinho, pelo elevado número de casos diários, atualmente mais de mil, não conseguia realizar os inquéritos epidemiológicos a todos os casos confirmados, bem como determinar as medidas necessárias ao seu isolamento. Neste sentido, foi solicitada a colaboração de diversas instituições no apoio a este processo, entre as quais o CHVNGE”.

Desta forma, é expectável que os inquéritos epidemiológicos possam ser realizados de forma atempada, a todos os casos confirmados de infeção, na área de abrangência do ACeS Gaia/Espinho, no prazo de 24 horas após o seu diagnóstico.

Esta colaboração tem como objetivos “garantir a definição do isolamento profilático dos casos confirmados, identificar os contactos de alto e baixo risco, emitir testes de deteção e declarações de isolamento profilático, esclarecer dúvidas dos utentes, bem como o apoio clínico a sinais ou sintomas dos utentes com COVID-19”, refere Firmino Machado.

Sem comentários

deixar um comentário