09 Setembro 2022, 14:40

Ciclista belga Benoot sofre fratura cervical e deve falhar resto da época

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O ciclista belga Tiesj Benoot (Jumbo-Visma), que ajudou o dinamarquês Vingegaard a ganhar a camisola amarela da última Volta a França, sofreu um acidente segunda-feira, com fratura cervical, e deve falhar o resto da temporada.

“Quero dizer a toda a gente que estou bem. Ontem [segunda-feira], estive envolvido num acidente nos Alpes italianos. Estou no hospital, onde tenho sido bem tratado. Apesar da gravidade da situação, os exames mostraram um pequena fratura na nuca”, publicou hoje o corredor numa rede social.

Além do triunfo na classificação geral do Tour, destronando o esloveno e bicampeão, Tadej Pogacar (UAE-Emirates), a equipa belga também ficou com a camisola verde dos pontos da ‘Grande Boucle’, na posse de Wout van Aert.

Benoot, 28 anos e terceiro classificado na recente Clássica de San Sebastian, ganha pelo compatriota Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinyl), deve ficar de fora dos Mundiais de ciclismo de estrada, entre 18 e 25 de setembro, em Wollongong, Austrália, além da Volta a Espanha, que começa já em 19 de agosto, nos Países Baixos.

Sem comentários

deixar um comentário