26 Janeiro 2022, 07:28

Ciclista olímpica Raquel Queirós para um mês após ser operada de urgência

Mundo Atual AdministratorKeymaster

A ciclista portuguesa Raquel Queirós (MMR Factory Team) foi operada de urgência a um abcesso no pé esquerdo e disse hoje à Lusa que espera não ter de parar mais de um mês até estar a 100%.

“Foi uma operação de urgência. Na segunda-feira acordei com muitas dores no pé, não conseguia sequer caminhar”, conta à Lusa a ciclista, 27.ª classificada na prova de ‘cross country’ olímpico de Tóquio2020.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Após os exames confirmarem o problema, foi operada no próprio dia, no Porto, e agora espera que a recuperação seja “mais rápida do que o previsto”, de “um mês até voltar a pedalar”.

“Espero que em três semanas esteja outra vez a 100%. Estava apenas a treinar, as provas que tenho planeadas estão marcadas para fevereiro”, explica.

O ano de 2022 vai marcar a estreia da ciclista, 10.ª classificada nos Mundiais de XCO sub-23 em 2021, no pelotão internacional de BTT, com a espanhola MMR, em que o plano passa por “amealhar pontos UCI e estar em todas as Taças do Mundo”.

Entre o calendário estarão também os campeonatos nacionais, que venceu em 2021, e algumas provas do calendário espanhol, de França e de Itália, desta feita sem ciclocrosse e, na estrada, uma incógnita, com a certeza de que “a prioridade é o BTT”.

“Ao início, foi um choque grande, e pensei logo que poderia afetar a minha época. (…) Estou tranquila. Quando estiver curada a 100%, voltarei a trabalhar a 200%. Estou muito focada e muito contente por estar nesta equipa”, comenta.

O ano de 2021 foi destacado para a ciclista de 21 anos, que além dos Jogos Olímpicos e de assinar o novo contrato, por três anos, venceu a Taça de Portugal e os nacionais de ‘cross country’, mas também a edição inaugural da Volta a Portugal feminina de estrada.

Sem comentários

deixar um comentário