07 Julho 2022, 05:50

Cinco países da UE pedem para acelerar processo de integração dos Balcãs

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Belgrado, 07 abr 2022 (Lusa) — Cinco países da União Europeia (UE) pediram ao chefe da diplomacia Josep Borrell que acelere o processo de integração dos Balcãs e aumente a ajuda à região, perante o novo cenário geopolítico motivado pela invasão da Rússia na Ucrânia.


Segundo informou hoje o jornal digital Gazeta Express, os ministros dos Negócios Estrangeiros da Áustria, República Checa, Hungria, Eslováquia e Eslovénia enviaram uma carta a Borrell onde solicitam um debate em abril sobre a estratégia da UE na região.


Os ministros solicitam que os Balcãs ocidentais sejam incluídos na agenda do próximo Conselho de ministros como “região de particular importância” devido à guerra na Ucrânia.


“Os Balcãs ocidentais são de importância particular devido à sua estratégica posição como região rodeada de países membros da UE”, indicam na missiva.


Os chefes da diplomacia dos cinco países da Europa central também sublinham a necessidade de a UE impulsionar o processo de integração, e tentar prevenir os efeitos prejudiciais do ataque à Ucrânia.


Neste contexto, defendem o início das negociações para o ingresso da Albânia e Macedónia do Norte, concessão do estatuto de candidato à Bósnia-Herzegovina, acelerar as negociações em curso com a Sérvia e Montenegro e o processo de liberalização de vistos para os cidadãos do Kosovo.


Na carta conjunta, propõem ainda um aumento das ajudas à região para enfrentar as consequências económicas da guerra na Ucrânia, como o aumento dos preços da energia, alimentação, e a crescente inflação.



PCR//CFF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário