05 Fevereiro 2023, 09:25

Circulação ferroviária entre Gaia e Francelos reposta em ambas as vias – IP

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A circulação ferroviária entre Vila Nova de Gaia e Francelos, que esteve condicionada desde quinta-feira de manhã, foi hoje reposta em ambas as vias, disse à Lusa o porta-voz da Infraestruturas de Portugal (IP).

De acordo com Pedro Ramos, os trabalhos foram concluídos cerca das 04:30, estando a circulação a decorrer desde essa hora.

No entanto, segundo o responsável, “como medida preventiva de segurança, foi estabelecida uma limitação de velocidade na via D, entre os quilómetros 325,3 e 325,3”.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Os condicionamentos na ferrovia ocorreram devido ao escorregamento do balastro na via ao quilómetro 325 da Linha do Norte, que obrigou à suspensão da “circulação na via D [descendente, sentido Lisboa] entre Gaia e Francelos Sul, desde a manha de quinta-feira e as 04:30 de hoje”.

De acordo com a empresa que gere a rede ferroviária nacional, naquele troço do concelho de Vila Nova de Gaia (distrito do Porto) a circulação processou-se nos dois sentidos através de uma única via, com limitação de velocidade entre os Km 325 e 325,3 da Linha do Norte.

O troço entre Espinho e Vila Nova de Gaia está atualmente em obras no valor de 55,3 milhões de euros, e deverão concluir-se no início deste ano, disse fonte oficial da IP à Lusa no dia 04 de novembro.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário