30 Julho 2021, 17:56

Click2Care: o dispositivo móvel que retira idosos do isolamento e permite salvar vidas

Susana Faria AdministratorKeymaster

Salvar vidas é o grande objetivo do Click2Care, um dispositivo móvel que foi criado para auxiliar a população mais vulnerável e isolada. Em entrevista ao Mundo Atual, Olívio Pereira, responsável por este serviço, explica que foi pensado para combater o isolamento e, um simples clique, pode ser o suficiente para que várias histórias e episódios infelizes na vida dos utilizadores não passem apenas de “um susto”.

O Click2Care é uma solução de teleassistência, criada no final de 2019, que facilita cuidados de saúde a idosos e permite ajudar em casos de emergência, fornecendo a localização, bem como o despacho de meios de socorro.

No mercado, já existiam soluções de SOS com o mesmo propósito, mas tinham a desvantagem de “obrigar as pessoas as pessoas a estarem num espaço combinado, ao contrário do Click2Care, que possibilita aos seus utilizadores terem este auxílio em qualquer lugar, dado que se trata de um dispositivo móvel, de fácil utilização e manuseamento”, revelou, ao Mundo Atual, Olívio Pereira, diretor da empresa responsável pela criação deste dispositivo.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Toda a solução assenta num dispositivo móvel que acompanha sempre o utente e de uma plataforma de gestão acedida por todas as entidades envolvidas. A tecnologia consiste num pequeno aparelho que permite o acompanhamento destas pessoas à distância e dispõe de funcionalidades como a localização em tempo real e a teleassistência.

“Estes quatros avisos emitem um SMS para uma plataforma de gestão, um centro de chamadas, com o posicionamento GPS do dispositivo”.

A empresa que concebeu esta ideia, «Tecnologias Imaginadas», criou uma plataforma que contém todas as informações sobre os utentes e, através de uma central de atendimento que funciona durante todo o dia, concebida pela «Human Talent», é dada resposta por uma equipa especializada, mais precisamente, enfermeiros que têm experiência no atendimento e triagem de chamadas de SOS.

“O trabalho que estes profissionais fazem no seu dia-a-dia é dedicado ao acompanhamento de doentes crónicos, ou com outras doenças complicadas, o que permite dar a estes utentes um atendimento especializado”, explicou Olívio Pereira.

Click2Care atua em quatro passos

A Click2Care funciona de quatros formas. Existe um alarme que é gerado no dispositivo móvel, que é ativado aquando do clique no botão de SOS, por uma queda que é identificada pelo dispositivo, quando a solução sai de uma zona geográfica predefinida e, por fim, há ainda um alerta de falta de bateria que funciona também como SOS.

“Estes quatros avisos emitem um SMS para uma plataforma de gestão, um centro de chamadas, com o posicionamento GPS do dispositivo e, assim, quem está do outro lado da linha sabe onde a pessoa está e de onde veio esse sinal”, sublinha o responsável.

Meios de socorro ativados sempre que necessário

Ao mesmo tempo que é estabelecida uma chamada em alta voz com o utente, o operador fica, de imediato, a saber com quem está a falar e tem acesso à ficha da pessoa, com o historial clínico e contactos de familiares mais próximos, para poderem proceder ao socorro de forma eficiente, caso não seja possível fazer uma triagem.

“Quando os nossos enfermeiros não conseguem falar com os utilizadores do dispositivo, passamos à terceira fase, que é o despacho de meios, em que atuamos e fazemos o contacto com alguém que possa auxiliar, como vizinhos e familiares”, destaca.

Serviço custa a partir de 18,50 euros por mês

A aquisição desde serviço de teleassistência pode ser feito por qualquer pessoa, sendo que não existe nenhum tipo de contrato associado e o valor da aquisição do aparelho começa a partir dos 18,50 euros (valor mensal).

São várias as entidades que já aderiram a este serviço inovador, sendo que no País já foram fornecidos cerca de oito mil equipamentos. Relativamente a pessoas singulares, o número de utilizares corresponde a 150.

Recentemente, a União Freguesias Lordelo do Ouro e Massarelos (UFLOM) foi uma das entidades que optou também pela utilização desta tecnologia, retirando, desta forma, 80 idosos com necessidades especiais do isolamento.

Aplicação permite aos cuidadores gerirem serviços

A plataforma do Click2Care possui também uma aplicação que permite aos cuidadores monitorizar a toma de medicação, gerir visitas e limpezas, desencadeando alertas em caso de necessidade e possibilitando teleconsulta online com médicos especialistas.

Olívio Pereira revelou também que devido à pandemia, alargaram o serviço e criaram um monitor que permite fazer um acompanhamento de pessoas infetadas com Covid-19 em qualquer zona do País.

Além dos propósitos já mencionados, são também várias as pessoas que escolhem o Click2Care para prevenir possíveis acidentes no mundo do trabalho e em competições desportivas, situações “engraçadas”, que Olívio Pereira não esperava “que surgissem”.

“Fornecemos equipamentos para equipas de trabalho em zonas remotas em que os funcionários estão a trabalhar sozinhos. É atribuído o dispositivo para acionar o apoio, em caso de necessidade. Temos ainda equipas que fazem acompanhamento a provas desportivas e, em caso de acidente, é muito fácil apertar um botão e chamar as equipas de apoio”, acrescentou.

Sem comentários

deixar um comentário