08 Outubro 2022, 10:20

Cotação do barril Brent para entrega em novembro sobe 1,30% para 89,15 dólares

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A cotação do barril de petróleo Brent para entrega em novembro terminou hoje no mercado de futuros de Londres com uma subida de 1,30%, para os 89,15 dólares.

O crude do Mar do Norte, de referência na Europa, concluiu a sessão no International Exchange Futures a cotar mais 1,15 dólares em relação à sessão anterior, quando fechou nos 88 dólares.

O Brent recuperou hoje, apesar de não ter superado a barreira dos 90 dólares, patamar para o qual baixou na quarta-feira pela primeira vez desde fevereiro, ou seja, desde o início da invasão russa da Ucrânia.

A perspetiva de diminuição da procura devido à desaceleração na China e o receio de uma recessão na Europa têm pesado sobre o preço do petróleo europeu.

No entanto, esta conjuntura tem sido compensada pelas medidas tomadas pela Organização dos Países Produtores de Petróleo (OPEP+), de cortar a sua produção conjunta em outubro.

Sem comentários

deixar um comentário