03 Dezembro 2021, 01:54

Covid-19: Açores com 30 novos casos, 28 recuperações e aumento nos internamentos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Ponta Delgada, Açores, 11 jul 2021 (Lusa) — Os Açores contam hoje 30 novos casos de covid-19, 28 dos quais em São Miguel e os outros dois em São Jorge, e 28 recuperações, mas registam um aumento de internamentos, que são agora 13 em toda a região.


De acordo com o boletim diário da Autoridade de Saúde Regional, sete dos diagnósticos de São Miguel referem-se a seis viajantes não residentes com teste positivo ao 6.º dia e um viajante não residente com teste positivo à chegada.


Os restantes casos decorrem de transmissão comunitária.


Há 12 novos casos na Lagoa (10 em Santa Cruz, um no Rosário e um na Ribeira Chã) e nove em Ponta Delgada (dois nos Arrifes, dois em São Pedro, dois no Livramento, um em São José, um em São Roque e um em Santa Clara).


No concelho da Ribeira Grande registam-se cinco novos casos (dois em Rabo de Peixe, um na Matriz, um na Conceição e um na Maia) e Vila Franca do Campo tem dois novos casos em São Miguel.


Sobre os dois casos de São Jorge, a Autoridade de Saúde Regional apenas adianta que estão distribuídos pela freguesia do Norte Grande, no concelho das Velas, e pela freguesia da Ribeira Seca, no concelho da Calheta.


Quanto às 28 recuperações, 27 foram registadas em São Miguel (oito na Ribeira Grande, 10 em Ponta Delgada, cinco na Lagoa e quatro em Vila Franca do Campo), e a outra foi na freguesia de Castelo Branco, concelho da Horta, ilha do Faial.


Com a recuperação no Faial, extingue-se a cadeia de transmissão local primária daquela freguesia.


Os internamentos subiram de seis para 13 nas últimas 24 horas, com 12 pessoas hospitalizadas no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, e uma no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, nenhum deles em Unidade de Cuidados Intensivos.


A região tem atualmente 365 casos positivos ativos, sendo 334 em São Miguel, 17 na Terceira, seis no Pico, quatro em São Jorge, três nas Flores e um no Faial.


Estão ativas no arquipélago quatro cadeias de transmissão local primária — duas no Pico e duas na Terceira.


Até ao presente foram extintas 205 em todas as ilhas.


Em vigilância ativa estão hoje 1.853 pessoas. 


Desde o início da pandemia foram diagnosticados nos Açores 6.710 casos positivos de covid-19.


Recuperaram da doença 6.170 pessoas, 34 morreram, saíram do arquipélago 83 e 58 apresentaram prova de cura anterior.


Até ao presente realizaram-se 599.203 análises para despiste do vírus SARS-CoV-2, que causa doença covid-19.


Desde 31 de dezembro de 2020 e até 08 de julho, foram administradas nos Açores 250.705 doses de vacinas contra a covid-19, havendo 129.190 pessoas com pelo menos uma dose (53,21% da população) e 121.515 pessoas com vacinação completa (50,05%), no âmbito do Plano Regional de Vacinação. 


A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.028.446 mortos em todo o mundo, resultantes de mais de 186,3 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente feito pela agência France-Presse.


Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.148 pessoas e foram registados 905.651 casos de infeção, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, uma cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.



ILYD // ROC



Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário