18 Outubro 2021, 15:26

Covid-19: África com mais 459 mortes e 38.753 novos casos nas últimas 24 horas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 26 set 2021 (Lusa) — África registou mais 459 mortes associadas à covid-19, o que eleva para 209.747 o total de óbitos desde o início da pandemia, e 38.753 novos casos, de acordo com os dados oficiais mais recentes.


Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), o total acumulado de casos de infeção no continente desde o início da pandemia é agora de 8.268.818, enquanto o número de doentes recuperados ascende a 7.592.475.


A África Austral continua a ser a região mais afetada, com 108.677 óbitos associados à covid-19 e 3.868.812 casos, no total desde o início da pandemia. Nesta região, encontra-se o país mais atingido pela covid-19, a África do Sul, que contabiliza 2.895.976 casos e 87.001 mortes.


O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, atingiu hoje um total de 2.510.555 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2 e 67.205 mortes associadas à covid-19.


A África Oriental ultrapassou hoje um milhão de casos (1.008.829), e regista um total de 21.075 mortos, enquanto a região da África Ocidental contabiliza 644.070 casos de infeção e 9.447 mortes.


A África Central é a região menos afetada pela pandemia, atingindo nas últimas 24 horas o total de 236.552 casos e 3.343 mortes.


A Tunísia, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 24.732 mortes e 703.914 infetados, seguindo-se o Egito, com 17.145 óbitos e 300.945 casos. Também no norte de África, Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infeções em todo o continente, 928.571 casos, tem, apesar disso, menos mortes do que os dois países anteriores, atingindo nas últimas 24 horas um total de 14.132 óbitos associados à doença.


Entre os países mais afetados estão também a Argélia, com 5.767 óbitos e 202.574 pessoas infetadas, a Etiópia, com 5.369 vítimas mortais e 340.485 infetados, bem como o Quénia, com 5.096 mortes associadas à doença e 248.392 contágios acumulados.


Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique contabiliza de 1.909 mortes associadas à doença e 150.494 casos acumulados desde o início da pandemia, seguindo-se Angola (1.487 óbitos e 54.795 casos), Cabo Verde (334 mortes e 37.400 infeções), Guiné Equatorial (142 óbitos e 11.806 casos), Guiné-Bissau (135 mortos e 6.099 infetados) e São Tomé e Príncipe (47 óbitos e 3.295 infeções).


O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito, em 14 de fevereiro de 2020, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.


A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.740.525 mortes no mundo desde que o gabinete da OMS na China declarou a doença, no final de dezembro de 2019, segundo um balanço feito hoje pela AFP a partir de fontes oficiais.


ATR // HB


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário