28 Outubro 2021, 00:25

Covid-19: ASAE suspende temporariamente 3 estabelecimentos de restauração e bebidas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 18 set 2021 (Lusa) — A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) suspendeu temporariamente três estabelecimentos de restauração e bebidas durante uma operação de fiscalização das regras aplicáveis no atual contexto da pandemia da doença COVID-19 realizada na sexta-feira em oito cidades.


A denominada Operação Regresso Seguro II, direcionada para a verificação do cumprimento das medidas aplicáveis no atual contexto da pandemia da doença COVID-19, em estabelecimentos de restauração e bebidas incluindo as condições de acesso e de controlo nas áreas de ‘food court’ foi realizada em Centros Comerciais localizados em Lisboa, Almada, Oeiras, Albufeira, Coimbra, Porto, Braga e Vila Nova de Gaia.


Em comunicado, a ASAE explica que durante a ação foram verificadas as regras de lotação dos espaços, de ocupação, de distanciamento físico, de uso de máscara, bem como a obrigatoriedade de apresentação de Certificado Covid ou teste com resultado negativo aquando do acesso ao interior dos estabelecimentos de restauração às sextas-feiras, a partir das 19:00h, e todo o dia, aos sábados, domingos e feriados.


Participaram na ação cerca de 55 inspetores da ASAE e foram fiscalizados 157 operadores económicos e instaurados um processo-crime por desobediência, resistência e coação e 13 processos de contraordenação.


A ASAE destaca como principais infrações três por falta de observância do dever de solicitação e verificação, por parte dos responsáveis dos estabelecimentos, do certificado ou testes Covid-19 ou teste negativo, um por falta de observância do dever de apresentação e detenção de Certificado Covid-19 ou teste negativo, três por inobservância das regras de ocupação, lotação, permanência e distanciamento físico e dois por falta do uso de máscaras ou viseiras.


Durante a ação foi ainda determinada a suspensão temporária de três estabelecimentos e foram verificados 406 clientes relativamente à obrigatoriedade de apresentação de Certificado Covid ou teste negativo.


A ASAE, enquanto órgão de polícia criminal e autoridade de fiscalização de mercado, executa, diariamente, operações para verificação do cumprimento da regulamentação vigente.


Segundo a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, no contexto atual, a incidência de fiscalização manter-se-á necessariamente intensificada nas matérias relacionadas com a situação inerente à pandemia, bem como todas as que se manifestam relevantes no âmbito da segurança alimentar e económica.


A covid-19 provocou pelo menos 4.667.150 mortes em todo o mundo, entre mais de 226,96 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.


Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.895 pessoas e foram contabilizados 1.007.911 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.



GC // MSF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário