08 Dezembro 2021, 10:32

Covid-19: Bissau com mais quatro postos de vacinação

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bissau, 18 out 2021 (Lusa) — O Alto Comissariado para a Covid-19 da Guiné-Bissau em colaboração com a Câmara Municipal de Bissau montaram quatro postos de vacinação contra a doença no Bandim, onde está localizado o maior mercado de Bissau, anunciou hoje aquele organismo.


A abertura dos postos de vacinação “visa justamente melhorar a cobertura de vacinados contra a covid-19. Há que pessoas que trabalham no mercado que têm dificuldade de deixar os seus postos de trabalho para se vacinarem”, explicou o secretário do Alto Comissariado, Plácido Cardoso.


“Decidimos aproximar os postos de vacinação dessas pessoas”, salientou Plácido Cardoso, que falava aos jornalistas na conferência semanal sobre a evolução da doença no país.


Segundo o Alto Comissariado, os postos estão localizados junto das duas passadeiras na Avenida Combatentes da Liberdade da Pátria e na mesquita, no interior do mercado.


O secretário do Alto Comissariado informou também que a campanha nacional de vacinação deve arrancar no próximo dia 25 em todo o território nacional.


“A campanha vai ajudar a dar outro ritmo à campanha de vacinação. Queremos aumentar a cobertura de forma geral nas mulheres”, disse Plácido Cardoso.


Os últimos dados disponibilizados, início de outubro, pelo Alto Comissariado em relação à vacinação contra a covid-19 indicavam que quase 69.000 já tinham a vacinação completa.


A Guiné-Bissau pretende vacinar até dezembro 50% das 700.000 pessoas elegíveis para receber a vacina, ou seja, indivíduos com 18 anos ou mais.


Os dados indicam também que a percentagem de homens vacinados é superior à de mulheres.


Desde do início da pandemia, a Guiné-Bissau registou um total acumulado de 6.130 casos de covid-19 no país e 141 vítimas mortais.



MSE // PJA


Lusa/Fim


 


 


 

Sem comentários

deixar um comentário