24 Setembro 2021, 10:36

Covid-19: Cabo Verde com mais 80 infetados e 282 recuperações em 24 horas

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Praia, 31 mai 2021 (Lusa) – Cabo Verde reportou 80 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando para 30.439 do total acumulado no país, que registou 282 recuperações desde domingo, divulgou hoje o Ministério da Saúde.


De um total de 790 amostras analisadas pelos laboratórios de virologia, o Ministério da Saúde e da Segurança Social informou que se somam 80 casos novos positivos, representando 10,1%, e mais de um quarto (28) na ilha de São Vicente.


Em toda a ilha de Santiago, foram diagnosticados 24 novos casos nas últimas 24 horas, distribuídos pelos concelhos de Santa Catarina (13), Praia (7), São Lourenço dos Órgãos (3) e São Domingos (1).


Há ainda a contabilizar mais infeções no Maio (7), Brava (6), Sal (2), Santo Antão (10), sendo seis na Ribeira Grande e quatro no Porto Novo, um nos Mosteiros, no Fogo, e um em Tarrafal de São Nicolau.


Num dia em que não foram registados quaisquer óbitos, as autoridades de saúde de Cabo Verde deram alta a mais 282 pessoas, aumentando para 28.710 os casos considerados recuperados da doença desde o início da pandemia.


Com os novos dados, o país aumentou para um total de 30.439 os casos positivos acumulados desde 20 de março de 2020, em que foi registado o primeiro caso, mantém os 264 óbitos, reduziu para 1.448 os casos ativos e há ainda oito óbitos por outras causas e nove transferidos.


Na habitual conferência de imprensa semanal de ponto da situação da doença no país, o diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, disse que foram notificados 33 casos suspeitos e há 26 doentes internados nos hospitais, sendo seis em estado mais crítico, e uma taxa de ocupação por causa de covid-19 de 32%.


Nos últimos 14 dias, o responsável de saúde de Cabo Verde sublinhou que se mantém a tendência para uma situação de estabilização ou até mesmo para diminuição de casos de covid-19 em todo o país, e há numa taxa de 380 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.


“Isto significa que as medidas de prevenção devem continuar a ser cumpridas, as pessoas devem fazer um esforço para evitar situações de aglomeração, devem zelar pela higienização das mãos e pelo uso adequado das máscaras”, apelou Jorge Barreto, dando conta que neste momento a taxa de positividade no país é de 13%, ainda muito alta, já que o ideal será inferior a 4%.


A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.543.125 mortos no mundo, resultantes de mais de 170,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.


A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



RIPE // LFS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário