07 Julho 2022, 02:31

Covid-19: Cabo Verde continua com evolução “bastante positiva” da situação epidemiológica

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Praia, 28 fev 2022 (Lusa) — Cabo Verde continuou nos últimos 14 dias a registar uma evolução “bastante positiva” da situação epidemiológica da covid-19, disse hoje o diretor nacional de Saúde, que insistiu nos apelos à vacinação, sobretudo com a dose de reforço.


Na habitual conferência de imprensa para fazer o ponto de situação da pandemia no país, Jorge Noel Barreto avançou que de 14 a 27 de fevereiro Cabo Verde registou uma média de três casos novos de covid-19 por dia, representando uma taxa de positividade de 0,7%.


Nos 14 dias anteriores, tinha registado uma média de 12 casos novos por dia e uma taxa de positividade de 2,4%.


“Como podemos verificar por esses dados, a evolução bastante positiva da situação epidemiológica vai-se confirmando, pelo menos nestas duas últimas semanas”, salientou o porta-voz do Ministério da Saúde.


No período em análise, o profissional de saúde avançou que a taxa de transmissibilidade (Rt) situou-se em 0,70, abaixo de 1, num resultado que considerou ser também “bastante bom”.


Quanto à taxa de incidência acumulada, nas últimas duas semanas foi de oito casos novos por 100 mil habitantes a nível nacional, abaixo dos 25 casos por 100 mil habitantes desejado.


“Com esses dados nós podemos verificar que a situação é bastante favorável, precisa ser consolidada, precisamos continuar vigilantes”, recomendou Jorge Barreto.


Quanto à vacinação, o responsável informou que o país já utilizou 80% das doses de vacinas recebidas, sendo que 85,5% dos adultos já tomaram a primeira dose, 73,2% já receberam as duas doses e 12,1% a dose de reforço.


Relativamente aos adolescentes dos 12 aos 17 anos, indicou que 76% da estimativa de cerca de 60 mil já tomaram a primeira dose e 60,6% a segunda dose.


“Os resultados são bastante satisfatórios”, avaliou o diretor nacional de Saúde, que voltou a apelar às pessoas para se vacinaram o mais rapidamente possível, sobretudo com a dose de reforço, onde a taxa ainda é mais baixa.


Nas últimas 24 horas, o país registou apenas quatro casos novos de infeção por SARS-CoV-2, resultado de 400 amostras analisadas, sendo um na Praia, dois no Sal e um na Boa Vista, e cinco recuperados da doença.


Com os novos dados, Cabo Verde passou a ter neste momento 19 casos ativos, de um total desde o início da pandemia de 55.886 casos acumulados, dos quais 55.414 já recuperaram e 401 morreram, sendo que há duas semanas que não se regista qualquer óbito devido à doença.


A covid-19 provocou pelo menos 5.945.445 mortos em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.


A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.


A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.



RIPE // LFS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário