06 Dezembro 2021, 14:28

Covid-19: CDS-PP apoiará estado de emergência enquanto for “estritamente necessário”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 22 mar 2021 (Lusa) – O presidente do CDS-PP afirmou hoje que o partido votará a favor da manutenção do estado de emergência enquanto este for “estritamente necessário” para controlar a pandemia, mas desde que acompanhado por um maior planeamento do Governo.


No final de uma reunião com a Confederação do Turismo de Portugal (CTP), Francisco Rodrigues dos Santos foi questionado sobre as declarações do Presidente da República, que considerou hoje muito provável que o estado de emergência se prolongue até maio, enquanto ainda houver atividades encerradas, porque legitima as restrições.


“O CDS-PP tem tido uma votação responsável na votação dos estados de emergência. Enquanto for estritamente necessário para controlar a pandemia adotar medidas a que só o estado de emergência pode dar respaldo jurídico, é óbvio que o CDS-PP votará favoravelmente”, afirmou.


No entanto, o líder democrata-cristão alertou que tal terá de ser acompanhado por um maior planeamento do Governo em áreas como a testagem, vacinação ou rastreamento, de forma a dar “alguma tranquilidade” a empresas e famílias.


“Se o Governo continuar a cometer erros do passado e andar em avanços e recuos, isso mina a confiança e levará a que haja ‘fura-confinamentos’, até porque as pessoas estão desesperadas e têm contas para pagar”, afirmou, alertando para os números do desemprego, que aumentou 36,8% em fevereiro em termos homólogos e 1,8% face a janeiro, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).



SMA (IEL) // JPS


Lusa/fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário