29 Janeiro 2022, 00:30

Covid-19: Cidade vizinha de Macau deteta sete casos da variante Ómicron

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Pequim, 14 jan 2022 (Lusa) — Zhuhai, que faz fronteira com Macau, diagnosticou hoje sete casos de transmissão local de covid-19 e tornou-se a segunda cidade da China continental a detetar a variante altamente contagiosa Ómicron.


Zhuhai cancelou todos os voos para Pequim, e várias cidades próximas suspenderam ligações rodoviárias, ferroviárias e marítimas com a cidade fronteiriça.


Macau anunciou também a suspensão da ligação marítima entre o porto interior da região semiautónoma chinesa e o porto de Wanzai, em Zhuhai.


Os casos foram diagnosticados após testes de ácido nucleico em larga escala terem sido realizados em várias comunidades de Zhuhai.


Os resultados preliminares de sequenciamento de genes revelaram que os casos são da variante Ómicron, detalhou o governo local.


Entre os sete casos positivos, um é sintomático e os outros assintomáticos.


Os testes em Zhuhai foram realizados depois de Zhongshan, cidade vizinha de Zhuhai, ter relatado um caso local de covid-19, na quarta-feira.


A fonte da infeção encontrada em Zhongshan é desconhecida.


Quem precisar de sair de Zhuhai tem que apresentar resultado negativo realizado 24 horas antes.


A China reforçou hoje ainda mais as medidas de prevenção contra a covid-19, enquanto surtos dispersos pelo país surgem nas vésperas dos Jogos Olímpicos de Inverno, que se realizam em Pequim em fevereiro.


A cidade portuária de Tianjin, a cerca de uma hora de Pequim, foi a primeira cidade a diagnosticar casos da variante Ómicron, levando a várias rondas de testes em massa e medidas de confinamento.


Noutros lugares, mais de 20 milhões de pessoas estão confinadas, muitas sem poderem sair das suas casas, numa altura em que aumentam as preocupações com o fornecimento de alimentos e outras necessidades diárias.



JPI // PDF


Lusa/Fim

Tags

Sem comentários

deixar um comentário